O que é Mercado Monetário?

Existem muitos fatores que influenciam na economia de um país. Desde as relações com outros países, o sistema econômico e principalmente as políticas governamentais.

Inclusive, uma das formas que a política encontra para influenciar a economia de uma nação, é utilizando do Mercado Monetário.

Muitas pessoas não sabem ou mesmo sequer entendem como o Mercado Monetário funciona e a sua importância. Conhecê-lo a fundo pode ser bastante vantajoso.

O que é mercado monetário 

O mercado monetário é o local onde ocorrem operações financeiras de curto e curtíssimo prazo, ou em outras palavras, operações de grande liquidez

Por causa disso, o Banco Central e as demais instituições financeiras fazem uso dele para conseguirem manter a liquidez da economia ou influenciá-la em algum sentido. 

Alguns exemplos de transações que acontecem no mercado monetário são:

  • Empréstimos e cessões de crédito diversas;
  • Compra e venda de títulos públicos e privados com vencimento em até um ano. 

E a lógica é bem simples: quanto maior for o volume movimentado em crédito e títulos, mais claramente a economia irá responder.

Tipos de títulos do mercado monetário 

Como já mencionado no tópico anterior, o mercado monetário conta com dois grupos de títulos, os títulos públicos e os títulos privados. 

Podemos entender os títulos públicos como sendo dívidas que o governo emite através do seu órgão, o Tesouro Nacional do Brasil, que são chamadas de Tesouro Nacional. 

O Tesouro Nacional, por sua vez, é subdividido em três tipos:: 

Vale ressaltar que as dívidas que esses títulos representam, são oriundas do custeio dos serviços que o próprio governo oferece à população. 

Depois temos os títulos privados, que são emitidos por instituições financeiras privadas, principalmente pelos bancos comerciais , que também servem para captar recursos.

Exemplos comuns de títulos privados emitidos: 

Os recursos captados pelas instituições privadas, por sua vez, servem para oferecer empréstimos aos seus clientes e custear financiamentos.

O Mercado Monetário influencia a economia 

O mercado monetário é um dos instrumentos usados pelo Banco Central para exercer influência sobre a economia de um país, e ele faz isso com a ajuda da Taxa Selic .

A Taxa Selic, por conseguinte, é um dos principais parâmetros usados para estipular as taxas que podem ser usadas nos títulos de renda fixa públicos ou privados. 

E de forma resumida, quanto mais alta é a Selic, maiores são os custos para captação de recursos, em contrapartida, quanto menor for a Selic, menores são os custos.

Isso, por sua vez, influencia diretamente nos juros cobrados em empréstimos e financiamentos, que por fim podem facilitar ou dificultar as pessoas de conseguirem crédito.

Vale destacar que, quanto mais fácil é o acesso ao crédito, maior tende a ser o volume de dinheiro em circulação na economia, o que pode incentivar o desenvolvimento.

Todavia, o excesso de dinheiro em circulação pode gerar consequências negativas, tal como a inflação, e se a inflação é alta, as pessoas são desestimuladas a gastar. 

Portanto, fica a cargo do Banco Central descobrir uma forma de equilibrar a oferta e a escassez de crédito usando os recursos do Mercado Monetário.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.