O que é Índice de Materiais Básicos BM&FBOVESPA (IMAT)?

A bolsa de valores brasileira, a B3, possui centenas de empresas com suas ações listadas nela, e em detrimento disso criaram-se índices para classificá-las.

Estes índices classificam empresas baseando-se em vários critérios, como, por exemplo, o retorno que elas dão em dividendos, valor de mercado e até mesmo o setor de atuação.

Em relação a índices setoriais, neste artigo vamos falar um pouco sobre o Índice de Materiais Básicos BM&FBOVESPA, abreviado como IMAT.

O que é o IMAT?

O IMAT é uma carteira teórica da B3 que classifica os melhores papéis de empresas do setor de materiais básicos de acordo, principalmente, com três critérios:

  • Retorno em dividendos ;
  • Nível de valorização;
  • Índice de negociabilidade.

Em outras palavras, quanto mais dividendos um papel retornar e quanto mais este se valorizar ao longo do tempo, melhor será a sua colocação no índice.

Já a negociabilidade diz respeito ao quão fácil é negociar esse papel, ou seja, o quanto de interesse as pessoas têm em vender ou comprá-lo.

Outra forma de se referir a negociabilidade é como liquidez. A liquidez é a característica de bens e ativos que determina o quão difícil ou fácil é transformá-lo em recursos monetários.

O que é o setor de materiais básicos?

O setor de materiais básicos é composto por empresas que fabricam ou produzem matérias-primas que são usadas para criar ou construir produtos manufaturados ou industrializados.

Algumas empresas brasileiras que representam bem esse setor da economia, são:

Mas é importante frisar que esse é um dos mais importantes setores da economia brasileira, sendo responsável por uma enorme parcela do PIB nacional.

Como uma empresa pode ser listada?

Para que uma empresa do setor de materiais básicos esteja elegível para ser cotada neste índice, ela precisa cumprir alguns requisitos básicos. Como, por exemplo:

  • Ter tido uma presença de 95% no período de vigência das 3 carteiras anteriores;
  • Estar entre os 99% mais negociados no período de vigência das últimas 3 carteiras;
  • Não estar passando por nenhum processo de recuperação judicial ou intervenção.

Evidentemente o nível de governabilidade também é um fator que afeta a colocação da empresa no índice, pois isso afeta diretamente o valor de mercado do papel.

É possível investir no IMAT?

Investir diretamente no IMAT não é possível, pois não se trata de um ativo propriamente. Por outro lado, a informação que o IMAT passa ao investidor é de suma importância.

Se o objetivo do investidor é aportar o seu dinheiro em ações do setor de materiais básicos, acompanhar esse índice é fundamental para ter uma noção de onde investir.

Inclusive, uma excelente estratégia para quem quer acompanhar a evolução do IMAT é investir individualmente nas empresas melhores colocadas do índice.

Por outro lado, existe um ETF que é composta por 95% de ações do IMAT, que é o MATB11. Os outros 5% são preenchidos com ativos do mercado futuro.

Investir nesse ETF pode ser uma forma bem segura de acompanhar o mercado de materiais básicos sem precisar correr muitos riscos.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.