O que é Cetip?

CETIP, também conhecida como Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados é a instituição responsável por processar, registrar, guardar e liquidar os títulos dos títulos privados de renda fixa negociados no mercado financeiro.

A CETIP, empresa que cumpre o papel de câmara de liquidação e custódia da renda fixa, faz parte da B3, empresa responsável pela administração da Bolsa de Valores Brasileira.

O seu papel é fundamental para o funcionamento do mercado financeiro, oferecendo infraestrutura e tecnologia para a compensação de inúmeras transações.

É importante destacar, que quando compramos um título de renda fixa, como por exemplo, um CDB, este título não fica sob a guarda da corretora ou banco responsável pela venda, mas sim sob a guarda da CETIP. 

Sendo assim, podemos dizer que a CETIP cumpre um importante papel como intermediária operacional nas transações envolvendo títulos de renda fixa atrelados ao setor privado, dentre eles:

  • CDB - Certificado de Depósito Bancário;
  • LCI - Letra de Crédito Imobiliário;
  • LCA - Letras de Crédito do Agronegócio;
  • RDB - Recibo de Depósito Bancário;
  • LH - Letras Hipotecárias;
  • Debêntures;
  • Swaps.
  • Dentre outros.

Por fim, vale destacar, que a CETIP também é responsável por operacionalizar e registrar as transferências via DOC ou TED realizadas no âmbito do Sistema Financeiro Nacional.

História da CETIP

A CETIP foi criada em 1984 em conjunto pelas instituições financeiras que na época operavam no país. No entanto, as suas atividades foram iniciadas somente em 1986.

Quando surgiu, a CETIP não possuía fins lucrativos, no entanto, desde 2008 com a sua abertura de capital na Bolsa de Valores, a empresa passou a possuir fins lucrativos.

Anos mais tarde, mais precisamente, em março de 2017, a CETIP se fundiu a BM&FBovespa dando origem a uma nova empresa, a B3, empresa que atualmente é responsável por manter em funcionamento a quinta maior Bolsa de Valores em valor de mercado do mundo, a bolsa de valores brasileira.

Atualmente, a CETIP é a maior câmara de ativos privados do Brasil, movimentando mais de R$ 2 trilhões anuais em títulos de renda fixa.

Vale destacar, que os serviços prestados pela CETIP ao mercado financeiro são regulamentados pela CVM - Comissão de Valores Mobiliários, autarquia vinculada ao Ministério da Economia e também pelo Banco Central do Brasil - BACEN.

Qual a relação entre a Cetip e a taxa CDI?

A Taxa DI ou CDI, como também é conhecida, possui papel fundamental na determinação da rentabilidade das aplicações financeiras, sobretudo aquelas relacionadas ao mercado da renda fixa.

O CDI, funciona como uma espécie de referência para o cálculo de juros e rentabilidade no mercado financeiro, interferindo diretamente no resultado de várias aplicações financeiras.

A saber, o cálculo da Taxa DI é realizado pela CETIP, levando em consideração a taxa Selic vigente e o volume de transações interbancárias registradas em seu sistema.

Normalmente, a Taxa DI fica bem próxima da Taxa Selic, considerando a correlação direta da DI com a Selic.

Investidores e demais interessados podem consultar a Taxa DI vigente, acessando o site da CETIP.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.