O que é Setor Secundário (Empresas)?

Escrito por:

Marcilio Lima

O Setor Secundário é um dos maiores segmentos da economia mundial, pois ele trata-se da etapa da industrialização, quando matéria prima é transformada em produto.

Existe um potencial econômico muito grande nas empresas que trabalham com esse setor, pois elas criam itens de um alto valor agregado.

Por outro lado, ainda há muitas questões as quais as pessoas têm dúvidas em relação ao setor secundário e que precisam ser entendidas.

O que é o setor secundário?

O setor secundário é composto basicamente pela atividade industrial, ou seja, na transformação da matéria prima em bens de consumo, equipamentos e etc.

Em outras palavras, a matéria-prima é transformada em produtos de um maior valor agregado por serem mais complexos e precisarem de conhecimento específico.

Existem inúmeros tipos diferentes de indústrias que criaram os mais variados produtos manufaturados, sendo o setor, até hoje, mais lucrativo.

Historicamente, o setor secundário só começou a se desenvolver de forma rápida e com qualidade durante a revolução industrial, aprimorando-se com o método fordista.

Por outro lado, a tecnologia também transformou bastante este setor, sendo necessárias cada vez menos pessoas nas estruturas das fábricas.

Exemplos de empresa do setor secundário

Veja alguns exemplos de empresas do setor secundário: 

  • Indústrias têxteis: Transforma tecidos variados em roupas, itens diversos para o lar, e etc;
  • Indústrias alimentícias: Responsável pelo processamento e industrialização de alimentos diversos;
  • Metalúrgicas: Cria e trata diversos tipos de metais e suas ligas, criando os itens básicos para a montagem de equipamentos e estruturas;
  • Indústrias químicas: Produz produtos químicos usados em itens de limpeza e remédios; 
  • Montadoras: São as fábricas de automóveis onde veículos automotivos são montados. 

Segmentação do setor secundário

De forma geral o setor secundário pode ser segmentado em três tipos diferentes, são eles:

  • Indústria de extração: Aquelas que trabalham com a extração vegetal ou mineral, seja com a extração direta ou com a transformação;
  • Indústria de base: Responsáveis pela produção de equipamentos, ferramentas e maquinário utilizados por todos os setores econômicos;
  • Indústria de bens de consumo: Produzem as mercadorias que serão comercializadas diretamente pelo setor terciário.
  • Vantagens do setor secundário

O setor secundário sempre tem espaço em uma economia, tendo inclusive um papel fundamental no desenvolvimento de um país, para torná-lo mais rico.

Outro ponto importante é quanto a sua versatilidade, pois ele abastece a capacidade de funcionamento de todos os outros setores com a sua indústria de base.

O potencial de empregabilidade do setor secundário, por sua vez, ainda é atualmente o maior dentre todos os setores, mesmo com o avanço da tecnologia.

Vale ressaltar que países com um processo industrial avançado geralmente são desenvolvidos e possuem melhores indicadores de qualidade de vida no geral.

O setor secundário no Brasil

Atualmente o setor secundário no Brasil está tendo uma participação menor na economia do país como um todo, que tendo direcionado os investimentos para o setor primário.

Ao longo dos anos 70, no entanto, o país viveu um grande período de industrialização, com altas taxas de crescimento anual, chegando a casa dos dois dígitos.

Todavia, cada país tem as suas especialidades e áreas na qual se destaca mais, no caso do Brasil, estas são a agricultura e a pecuária.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.