O que é Fundos de Shoppings Center?

Existem alguns tipos diferentes de fundos imobiliários disponíveis no mercado, cada um servindo a um propósito. Um desses tipos são os Fundos de Shopping Center.

Investir em Shopping Centers por meio de um fundo pode ser uma excelente opção de investimento, se os empreendimentos forem de alta qualidade e bem localizados.

Por outro lado, é necessário entender como estes fundos funcionam, para saber avaliá-los corretamente sob uma perspectiva responsável.

O que são Fundos de Shopping Center?

Os Fundos de Shopping Center são fundos imobiliários destinados a aportar dinheiro na nos centros comerciais conhecidos como shoppings.

Estes fundos podem ser classificados como monoativos, quando investem em um único shopping, ou multiativo, quando se investe em diferentes empreendimentos.

Uma característica importante sobre Shopping Centers é o fato de que eles são estabelecimentos multi-inquilinos. Ou seja, abrigam diversos outros investimentos dentro. 

Ao investir em um fundo de shopping o investidor está contando com a contribuição e boa gestão de diversas marcas dentro do shopping e do próprio shopping como instituição.

Como os Fundos de Shopping lucram

Os Fundos de Shopping podem lucrar de diversas formas diferentes, a principal é por meio do aluguel que os lojistas pagam para usarem o ponto. Geralmente com duração de 5 anos.

O aluguel cobrado aos lojistas, por sua vez, pode ser tanto de um valor pré-estabelecido, como também ter uma variação atrelada ao lucro do empreendimento no mês.

Parte do valor é então repassada aos investidores do fundo. Quanto mais lojas ocupadas e mais Shoppings o fundo estiver investindo, maior será o retorno do fundo.

No entanto, os Shoppings Centers também podem lucrar com:

  • Estacionamento: os veículos precisam pagar para usarem as vagas do local e geralmente não é barato;
  • Taxa de Fundo de promoção: esse valor é pago ao Shopping pelos lojistas para financiar campanhas de marketing de datas especiais como o Natal;
  • Taxa de adesão: é um valor pago ao shopping pelo lojista no início das operações da loja, que dá direito ao uso do ponto.

Um ponto positivo sobre os Shoppings serem multi-inquilinos é o fato de que por si só eles já fazem os fundos serem diversificados, mesmo os monoativos. Isso garante estabilidade.

O mercado de Shopping Centers

O mercado de Shopping Centers precisa ser analisado sobre a ótica empreendedora e de comércio. Existem períodos em que Shoppings faturam mais que outros.

Também há o fato de que esse tipo de empreendimento é bastante promissor, se tornando cada vez mais uma aposta dos investidores e construtoras.

Por outro lado, em tempos de restrição de locomoção das pessoas, ou quando a economia está desaquecida, esses empreendimentos podem sofrer bastante.

Como investir em Fundos de Shopping Center

Para investir em Fundos de Shopping Center, a primeira coisa que o investidor deve fazer é criar uma conta em uma corretora de valores ou banco autorizado.

Depois, é importante analisar individualmente cada fundo disponível. Você pode ver a lista completa desses fundos no próprio site da B3.

Essa análise precisa levar em conta:

  • Quem é o gestor do fundo, se ele tem experiência e conhecimento;
  • Quais os ativos que o fundo está investindo.

Uma vez tendo analisado essas informações, basta comprar cotas no fundo e acompanhar a evolução do mesmo ao longo do tempo.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.