O que é Valor econômico adicionado?

O valor econômico adicionado é um dos muitos critérios que podem ser utilizados para mensurar se uma empresa ou economia possuem uma operação lucrativa.

Muitos investidores, todavia, não conhecem esse conceito econômico, o que torna as suas avaliações incompletas e menos precisas.

Por outro lado, é importante lembrar que o valor econômico adicionado não serve para dizer se uma empresa ou um país realmente estão em uma boa ou má condição financeira.

O que é Valor econômico adicionado?

O valor econômico adicionado, também chamado de valor adicionado ou valor agregado, é um valor extra atribuído a bens e serviços comercializados e a avaliação de uma empresa.

Existem muitas variáveis que podem ser utilizadas para estipular de quanto será esse valor, porém cada empresa ou investidor é livre para defini-lo de acordo com seus critérios.

Em um contexto de macroeconomia, esse valor adicional é calculado subtraindo o valor dos bens produzidos depois de serem descontados os custos com insumos.

Vale mencionar que o valor econômico adicionado é utilizado como um indicador que possui uma série de objetivos cujo investidor deve levar em consideração.

Objetivos do valor econômico adicionado

Calcular o valor econômico adicionado de uma empresa irá auxiliar o investidor e os gestores dessa empresa a compreenderem diversas questões, como, por exemplo:

  • Se as decisões tomadas pelos administradores estão sendo capazes de gerar valor;
  • Possibilita entender o que levou a criação ou destruição de valor da empresa, sendo possível avaliar alternativos para reverter o quadro;
  • Os investidores podem entender se o dinheiro que eles investiram na empresa está criando um retorno satisfatório e se de fato trata-se de um bom investimento.

Métodos para aumentar o valor econômico adicionado

O valor econômico adicionado pode aumentar mediante algumas escolhas que a empresa faça, o inclui a alteração no preço dos produtos ou serviços, ou tomadas de decisão.

Portanto, existem basicamente quatro formas diferentes de se aumentar o valor econômico adicionado de um produto, serviço ou de uma empresa, são eles:

  • Aumentando o número de vendas com o uso de menos capital;
  • Alterando o valor cobrado pelo produto ou serviço;
  • Diminuindo os custos de produção do produto ou serviço sem modificar o seu valor;
  • Alocando o capital da empresa em investimentos de bom retorno.

Cada organização deve decidir qual é a melhor estratégia a ser seguida, sendo que cada decisão possui um grau diferente de assertividade para cada tipo de negócio.

Pode-se entender que uma empresa bem administrada financeiramente, naturalmente irá criar um valor econômico adicionado maior.

Breve história do valor econômico adicionado

Esse método de avaliação de empresa tem uma origem um pouco obscura, sendo que alguns autores apontam que ele surgiu na década de 20, com a General Motors.

No entanto, há alguns outros estudos que apontam que essa metodologia de avaliação já era utilizada pelos alemães desde o início do século XIX.

Todavia, não seria até a década de 80 do século XX que o termo seria patenteado por Joel Stern e G. Bennett Stewart III, e enfim popularizado como um indicador importante em análises.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.