Um dos conhecimentos básicos que qualquer pessoa que quer investir na bolsa de valores deve ter, é sobre as várias possíveis ordens. Uma delas é a ordem limitada.

Muitos investidores não conhecem as possíveis ordens que eles podem utilizar para facilitar a sua experiência durante a compra ou a venda de ações.

Conhecer as possíveis ordens, no entanto, pode tornar a experiência do investidor muito mais proveitosa, possivelmente o ajudando a evitar perder dinheiro.

O que é ordem limitada?

A ordem limitada trata-se de uma estratégia que automatiza a compra ou a venda de uma ação quando esta alcança um valor exato ou melhor do que o estipulado.

Isso significa que o investidor pode decidir apenas vender uma ação quando esta alcançar um patamar de preço ou mais alto, ou comprá-la usando a mesma lógica. Veja:

  • Ordem limitada de compra de 100 papéis da empresa X quando o valor da ação alcançar 25 reais;
  • Ordem limitada de venda de 100 papéis da empresa X quando o valor da ação alcançar 27,50 reais.

Por fim, vale destacar que a ordem limitada é uma ordem registrada no book de ordens da bolsa e pode ser verificada por qualquer investidor. 

Como usar a ordem limitada

A melhor maneira de usar a ordem limitada é tendo uma estratégia de compra e venda muito bem definida. E ela pode ser facilmente aplicada no home broker.

Aqueles investidores que acompanham o mercado diariamente e mais de perto, já terão uma noção maior do que é um preço bom ou ruim para a compra ou venda de uma ação.

Analisar mais a fundo cada empresa que deseja investir dinheiro também é essencial. Para fazer isso, existem duas ferramentas principais:

  • Análise fundamentalista de ações;
  • Análise técnica de ações.

Benefícios da ordem limitada

O principal benefício de uma ordem limitada é que ela permite ao investidor mais liberdade para cuidar de assuntos pessoais sem, no entanto, deixar a bolsa de valores de lado.

Mesmo aqueles investidores que acompanham o mercado de ações mais de perto, irá se beneficiar com uma ordem que dispara de forma automática.

Por outro lado, uma ordem limitada geralmente serve como uma salvaguarda para as ações que o investidor possui. Servindo inclusive para controlar perdas.

Quando o assunto é comprar papéis descontados, vale lembrar que uma ordem limitada pode ser cancelada. Uma ordem a mercado, não. Às vezes o investidor erra na sua projeção.

Outros tipos de ordem

Para concluir, é importante lembrar de que existem outras ordens que podem ser usadas para otimizar a estratégia de compra e venda de ações. Veja algumas:

  • Ordem casada: acontece quando o investidor condiciona a compra de um lote de ações a venda de um outro lote de ações de outra empresa;
  • Ordem a mercado: a ordem básica, estipula-se quantidade e o nome do ativo e a compra ou a venda é executada automaticamente, pelo preço de mercado vigente;
  • Ordem on-stop: trata-se de um gatilho que é ativo para que uma determinada ordem aconteça. Essa ordem não entra no book;
  • Ordem administrada : quando a corretora ou outro terceirizado compra ou vende uma quantia de ações em nome do investidor no momento julgado mais apropriado.

Uma vez que o investidor conhece todas as ordens, se torna muito mais fácil atuar no mercado de ações.

Por fim, vale destacar que a ordem limitada é uma ordem registrada no book de ordens da bolsa e pode ser verificada por qualquer investidor.

Veja outros termos do mercado financeiro:

Mais acessados