O que é Mercado Futuro?

Você conhece o mercado futuro? Sabe como funciona e como é possível ganhar dinheiro nesse mercado?

A princípio, o conceito por trás do funcionamento do Mercado Futuro, pode ser um pouco complicado de se entender. 

No entanto, como uma leitura atenta a esse conteúdo, você ficará por dentro de tudo. Confira e retire suas dúvidas.

O que é o mercado futuro?

O Mercado Futuro é um espaço na Bolsa de Valores que faz uso de contratos de compra e venda de ativos que só serão liquidados em uma data posterior.

Nessa data predeterminada, o investidor se compromete a comprar ou vender o ativo escolhido pelo preço combinado a priori, o que pode incorrer em lucros ou perdas.

Existem vários ativos que são negociados no Mercado Futuro, entre estes, podemos citar:

Cada um destes ativos, por sua vez, é sensível ao seu próprio mercado. Ou seja, para investir em contratos futuros é necessário entender o mercado que o ativo está inserido.

Como funciona o Mercado Futuro?

De forma geral, quem investe no Mercado Futuro assume o risco de realizar operações acreditando que em uma data posterior, determinado ativo valerá mais ou menos do que no presente.

Essa operação, no entanto, não deve ser feita apenas contando com a sorte. Estudar o mercado em que o ativo está inserido e suas particularidades é essencial.

Vale ressaltar que ao adquirir um contrato futuro, o investidor não está adquirindo os direitos daquele ativo, apenas uma expectativa sobre a sua valorização ou desvalorização.

Por causa disso, neste mercado ouvimos muito os termos “operar vendido” e “operar comprado”. Em resumo eles significam:

  • Operar comprado: o investidor adquire o direito de comprar um ativo pelo valor presente, que ele assume que no futuro estará valendo mais;
  • Operar vendido: o investidor adquire o direito de vender um ativo no futuro pelo valor presente, que ele assume que estará valendo menos.

Características do Mercado Futuro

O Mercado Futuro possui algumas características interessantes que não são encontradas em todos os mercados. São eles:

  • Margem de Garantia: significa que não é necessário possuir todo o capital necessário para aquisição do ativo, contanto que se ofereça uma garantia;
  • Alavancagem: o investidor pode adquirir contratos sem precisar estar com todo o dinheiro disponível em caixa;
  • Limite de oscilação: é um mecanismo da B3 que serve para impedir oscilações muito grandes no valor dos contratos de um dia para o outro;
  • Ajuste diário: todos os dias a bolsa de valores credita ou debita os ajustes financeiros referentes a valorização ou desvalorização do contrato.

Vantagens do Mercado Futuro

O Mercado Futuro ajuda os investidores que já têm um conhecimento maior sobre determinados ativos a ganharem mais dinheiro mesmo em situações de perda.

Isso porque o Mercado Futuro permite lucrar com as desvalorizações, algo que mercados com liquidez imediata não permitem.

Sem contar que o investidor não precisa estar com todo o dinheiro disponível de imediato para fazer um investimento, sendo possível usar a alavancagem financeira.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.