O que é Mercado a Termo?

O mercado financeiro é muito diversificado. Não só as opções de produtos financeiros são vastas, mas também as formas de investimento são variadas.

Tradicionalmente é comum que o investidor aplique o seu dinheiro diretamente em determinados ativos, os adquirindo de imediato e os pagando à vista.

Por outro lado, também é possível investir a longo prazo, adquirindo o ativo e pagando em uma data futura previamente acordada. O nome disso é Mercado a Termo.

O que é Mercado a Termo?

O Mercado a Termo pode ser descrito como o acordo entre um vendedor e um comprador a respeito da compra de ativos como ações ou commodities.

Para que essa compra seja formalizada deve-se estabelecer:

  • A quantidade de ativos a serem adquiridos;
  • A data final para o pagamento;
  • Uma taxa de juros.

Essa taxa de juros, por sua vez, é pré-estabelecida com antecedência e não sofre alteração ao longo do tempo. Geralmente essa taxa fica em paridade com a taxa SELIC.

Então, ao final do prazo estabelecido, o investidor paga o valor acordado e então apura se obteve lucro ou prejuízo ao fazer esse acordo pelos ativos adquiridos.

É possível lucrar com o Mercado a Termo caso o ativo comprado a prazo se valorize acima da taxa de juros acordada. Porém, se acontecer o inverso, o investidor terá prejuízo.

Como investir no Mercado a Termo

Para investir no Mercado a Termo é necessário ter uma conta em uma corretora de valores e então acessar o ambiente da B3, que é onde estão disponíveis todos os contratos.

Vale ressaltar que esse investimento não é recomendado para o investidor iniciante ou com perfil conservador, visto que o grau de risco aumenta com o valor investido.

Sem contar que o mais comum é que os ativos que são adquiridos por meio do Mercado a Termo sejam classificados como renda variável.

Vale lembrar que, antes de investir no Mercado a Termo, também é muito importante que o investidor analise muito bem onde ele está aportando o seu dinheiro.

Ter conhecimento da Análise Técnica pode ser um diferencial, visto que muitas vezes o investidor não terá muitos dados para analisar, além é claro dos gráficos.

Outro ponto que precisa ser observado é que tanto as condições do mercado interno do país quanto imprevistos naturais podem influenciar muito o valor dos ativos comprados.

Se, por exemplo, o investidor adquiriu derivativos de sacas de café, imprevistos na produção, colheita e o transporte dessa commodity podem afetar o preço final.

Benefícios do Mercado a Termo

Investir no Mercado a Termo pode trazer muitos benefícios interessantes ao investidor. Os principais e mais evidentes, são:

  • Potencial grande de lucro;
  • Não precisar desembolsar todo o dinheiro de uma vez;
  • Praticar alavancagem.

Vale ressaltar que fazer alavancagem significa usar um dinheiro não disponível em conta Caso funcione, o investidor fica com a diferença do alavancado e a valorização final.

De forma geral, o principal benefício da Alavancagem é possibilitar ao investidor a chance de aproveitar oportunidades que ele não seria capaz em outra ocasião.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.