O que é Lei Oferta e Demanda?

Para entender a economia é necessário conhecer diversas regras e fundamentos importantes. Um destes conhecimentos é a Lei Oferta e Demanda.

A maioria das pessoas já ouviu falar nessa lei, mas apesar de sua popularidade, muitos não entendem exatamente no que ela implica.

No entanto, é necessário destacar que a lei oferta e demanda possui uma importância ímpar e é o que faz a economia funcionar.

O que é a lei oferta e demanda?

A Lei oferta e demanda é o conceito que explica os movimentos do mercado quanto aos valores praticados por produtos e serviços.

Basicamente, se existe uma grande demanda para um determinado item, o preço deste item pode tanto ser maior quanto menor, de acordo com a quantidade em estoque.

Se muitas pessoas querem comprar o produto A, mas ele se encontra em falta no mercado, os poucos exemplares encontrados naturalmente irão custar mais.

Isso acontece principalmente para filtrar o interesse das pessoas no produto A, pois apenas aqueles que realmente tem condições de adquiri-lo se sujeitarão a pagar por ele.

Evidentemente que ter condições para adquirir um produto não é de fato a mesma coisa que ter necessidade de usá-lo, e isso pode causar distorções no mercado.

Por outro lado, se a demanda por esse mesmo produto é alta e o estoque é ainda maior, a tendência é que o seu preço diminua, para incentivar as pessoas a comprá-lo.

Um estoque cheio de produtos, dependendo da natureza do produto, pode significar prejuízo de diversas formas diferentes, principalmente se houver data de validade.

Para que serve a oferta e demanda

A lei oferta e demanda serve para regular o mercado e fazê-lo funcionar de forma mais coerente, evitando crises de estoque ou na qualidade da prestação de um serviço.

Produtos que estão em falta no mercado, precisam ser reajustados para mais, pois isso cria uma barreira de entrada para aquelas pessoas que:

  • Não necessitam tanto assim do produto e podem buscar alternativas mais baratas;
  • Gostariam de adquirir o produto para especular com o seu valor.

Em contrapartida, produtos encalhados no estoque, precisam de um incentivo para serem adquiridos, que pode vir na forma de uma redução no seu preço.

Porque seja lá por qual motivo as pessoas não queriam o produto antes, agora elas têm uma razão para consumi-lo, que é a sua alta acessibilidade.

No entanto, é importante ressaltar que a lei oferta e demanda não pode funcionar corretamente sem que haja um outro fator em conta: a concorrência.

Concorrência e a lei oferta e demanda

A concorrência é o principal motor por trás da queda dos preços dos produtos e serviços. Se não fosse a concorrência, as empresas funcionariam como monopólios.

Um monopólio, no caso, trata-se de uma única empresa que atende um segmento inteiro sem competir com outras empresas, e isso distorce a lei oferta e demanda.

Se uma empresa não precisa se preocupar com a concorrência, pois ela é a única opção que as pessoas têm, ela pode inflar os seus preços e diminuir a qualidade.

Portanto, podemos resumir da seguinte forma: a peça chave da lei oferta e demanda é a concorrência.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.