O que é Fundos Long Biased?

Para entender a estratégia de um Fundo Long Biased, é necessário ter a compreensão que, no mercado financeiro, o termo “long” se refere à compra de ações. Diante disso, tais fundos têm a tendência de operar comprado na bolsa de valores, ou seja, comprar ativos e esperar a sua valorização.

Para que um fundo seja classificado como Long Biased, pelo menos, 67% de seu patrimônio líquido deve estar em Renda Variável, sobretudo ações de empresas listadas em bolsa.

No entanto, isso não significa que operações de venda são excluídas. Para fins de proteção contra a oscilação do mercado, especialmente em períodos de baixa ou lateralização, os Fundos Long Biased podem operar vendidos, isto é, vender ativos.

O gestor é responsável pela tomada de decisões que dizem respeito ao fundo, especialmente sobre quais serão os seus componentes, sendo que existe total liberdade para que isso aconteça, já que a gestão de um Fundo Long Biased é ativa.

Geralmente, as negociações ocorrem por meio do aluguel de produtos do mercado de capitais (o gestor “pega emprestado” ações de um terceiro investidor), e não os ativos em si, sendo que as modalidades que viabilizam esse investimento são ações ou opções do multimercado.

Dessa forma, os Fundos Long Biased funcionam como um produto diversificado para a carteira de investimentos, podendo alcançar rentabilidades atrativas, especialmente quando o mercado oscila para baixo. Se o investidor procura altas valorizações no curto prazo e tem um perfil mais arrojado, tais fundos costumam ser ideais.

A respeito dos custos, há a taxa de administração, que é compulsória em fundos de investimentos de qualquer natureza, a taxa de performance, cobrada em alguns casos, especialmente quando o fundo tem o desempenho maior que o esperado e pode chegar a 20% do excedente de ganhos prometidos pelo estatuto do fundo. O Imposto de Renda é cobrado sobre o lucro obtido com a venda, representado pela alíquota de 15%.

Por fim, os Fundos Long Biased são opções para os investidores que desejam rentabilidades atrativas, independente do momento no mercado. Em tempos em que os índices de mercado estão em viés de baixa, esses fundos costumam ter uma performance acima da média.

Porém, o investidor precisa entender que há riscos envolvidos, bem como que há a cobrança de algumas taxas que podem corroer a rentabilidade, sem mencionar a necessidade de confiar profundamente na análise e estratégia do gestor do fundo.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.