O que é Fundos de Agências Bancárias?

Os fundos de investimento são uma das formas mais comuns de se investir dinheiro. E existem diferentes tipos. Um destes tipos são os Fundos de Agências Bancárias.

Muitos investidores não sabem sobre esses fundos e eles de fato não se encontram em um período muito próspero, no entanto, é interessante saber como eles funcionam.

Vale lembrar sobre a importância de analisar o mercado como um todo e como cada investimento funciona para decidir quando e como investir.

O que são Fundos de Agências Bancárias?

Os Fundos de Agências Bancárias são fundos que investem o dinheiro dos cotistas no aluguel de um imóvel ou terreno que servirá como uma agência bancária.

Isso acontece porque a maioria dos imóveis dos bancos não são de sua propriedade, ou seja, são espaços alugados. Os fundos surgiram então para facilitar esse negócio.

Também é importante lembrar que os imóveis de um fundo de Agências Bancárias são feitos exclusivamente para atender as necessidades de um banco.

Características dos Fundos de Agências Bancárias

Antes de investir em um Fundo de Agências Bancárias, o investidor precisa se atentar a alguns pontos importantes sobre esses fundos.

São eles:

  • Os contratos desses fundos são longos não muito comuns;
  • Podem pagar bons dividendos e de forma regular, sendo difícil ocorrer um calote;
  • Os fundos donos de terrenos possuem mais valor.

Apesar desses fundos serem considerados bastante seguros, pois os bons são excelentes pagadores, existe sim a possibilidade de haver imprevistos.

O principal problema, no caso, é que esses fundos são geralmente mono inquilinos, ou seja, são alugados e pagos por apenas um único banco.

Isso não significa que eles não possam ser multiativos, ou seja, conterem diferentes estruturas que compõem a agência e que estão sendo separadamente representados.

O estado atual das Agências Bancárias

Algo que todo o investidor precisa considerar antes de decidir colocar o seu dinheiro em um Fundo de Agências Bancárias, é que os esse modelo de negócios está minguando.

Com o avanço da tecnologia e acessibilidade proporcionada para acessar os serviços de um banco à distância, as agências estão entrando em extinção e sendo fechadas.

Por conta disso, muitos fundos deste segmento acabaram sendo destituídos de seus inquilinos e não conseguiram mais achar interessados.

Na realidade, existe pouca opção de fundo de agências bancárias na bolsa hoje. E a maior parte deles foi criado entre 2011 e 2013, quando houve um “boom” de agências.

O fato é que as pessoas estão migrando aos poucos para os bancos inteiramente online, ou mesmo começando a usar o internet banking de seus bancos preferidos.

Como investir em Fundos de Agências Bancárias

Uma vez analisando todos os prós e contras, o investidor pode decidir investir em Fundos de Agências Bancárias, mesmo consciente dos riscos.

Para investir, no entanto, basta ter uma conta em uma corretora de valores ou outra instituição habilitada como um intermediário para esse serviço.

Depois, analisar as características do fundo é fundamental, ainda mais quanto ao seu gestor. Por fim, é só transferir o dinheiro para a conta e adquirir as cotas desejadas.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.