O que é Câmbio Real?

Enquanto o câmbio nominal preocupa-se exclusivamente com a lei da oferta e demanda, a Taxa de Câmbio Real (TCR) procura estabelecer uma relação mais aproximada entre duas moedas quando comparadas, pois leva em consideração um importante indicador econômico, sendo ele a inflação de cada país.

Sistematicamente, é o câmbio real que determina o poder de compra da moeda de uma nacionalidade em relação à moeda de outro país.

Para obter o valor do câmbio real, é preciso multiplicar a taxa de câmbio nominal pela inflação da moeda estrangeira. Depois disso, o valor obtido pelo cálculo é dividido pelo valor da inflação da moeda nacional.

Para estudos econômicos aprofundados, o câmbio real que é levado em consideração, uma vez que reflete a verdadeira valorização ou depreciação de uma moeda lastreada ao dólar norte-americano, ou ao euro, as moedas mais estáveis no cenário macroeconômico.

Sendo assim, quanto maior for a inflação interna, a taxa de câmbio real diminui na mesma proporção. Quando a inflação externa for maior, a taxa de câmbio real também aumenta. Então: 

  • Se a moeda brasileira, o Real, está em um ciclo de valorização, o preço dos produtos dos produtos dependentes de exportação irá aumentar e, como consequência, os importados irão sofrer baixa;
  • Se o Real está em ciclo de desvalorização, o preço das exportações irá cair e o preço das importações irá aumentar.

Por fim, compreender os ciclos econômicos e a relação real entre moedas, através do câmbio real, é essencial para saber se a economia está em tendência de alta ou baixa, diferentemente do câmbio nominal, o qual não permite essa análise cuidadosa.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.