Ações Boa Safra SOJA3

Boa Safra Sementes SA

A Boa Safra (ações SOJA3) é líder na produção de sementes de soja no Brasil. Ver mais

Conheça Boa Safra ações SOJA3

A Boa Safra é uma empresa de capital aberto que negocia suas ações na bolsa de valores brasileira, elas são negociadas através do ticker SOJA3 na B3.

Indicadores SOJA3

  • CotaçãoR$ 11,56

  • P/L10,95

  • LPA1,06

  • P/VPA2,1

  • VPA5,51

  • DY0,35%

A Boa Safra Sementes, ações SOJA3, é uma companhia que, atualmente, é atuante com a produção de sementes de soja, milho e feijão, e com os processos com o objetivo de garantir maior germinação das mesmas, ou seja, melhores safras. Em linhas gerais, o foco das atividades da companhia recai sobre a produção de sementes de soja, o que justifica o código de negociação em bolsa de valores (B3) SOJA3. Em seguida ao cultivo e tratamento das sementes, a produção é redistribuída / vendida para uma rede de produtores rurais integrados.

Com relação à presença da empresa, a mesma está presente em mais de 70% do território nacional, em termos dos estados nos quais atua. Vale destacar que as localizações, tanto das terras onde são cultivadas as sementes quanto das unidades de tratamento delas (chamadas de unidades de beneficiamento), são estratégicas, com condições especiais para a obtenção de sementes mais resilientes a determinadas condições. 

Vale lembrar que o setor de atuação da Boa Safra Sementes (SOJA3 na B3), assim como a maioria dos setores da economia, foi positivamente impactado pelos avanços científicos e tecnológicos e, como consequência, a companhia utiliza dessas tecnologias em prol de aumentar sua produtividade e a qualidade de seu produto, ou seja, de suas sementes. Assim sendo, são usadas diversas tecnologias, a serem detalhadas a seguir, em prol de obter maior vigor no momento em que as sementes produzidas forem plantadas. 

Além disso, a Boa Safra (ticker SOJA3) possui uma estrutura de capital que favorece sua lucratividade, tal estrutura é denominada Asset Light e, com base nela, a companhia exerce suas atividades sem a posse de terras próprias, o que desencadeia uma série de vantagens a serem abordadas em sequência. 


A trajetória da Boa Safra Sementes (SOJA3)

A história da companhia se iniciou com o esforço de Neri Colpo, com o objetivo de comprar uma propriedade rural e, a partir dessa, auferir renda a partir do cultivo da terra. Há mais de 40 anos, Neri Colpo optou por atuar com a produção de sementes e, a partir disso, iniciou uma empresa com uma grande avenida de crescimento nos anos que se seguiram. 

Vale destacar que a Boa Safra Sementes se trata de uma companhia na qual ocorreu uma sucessão familiar dos negócios. No ano de 2009, Marino Colpo, filho de Neri Colpo, assumiu a gestão da empresa. Além disso, atualmente os principais acionistas da Boa Safra são membros da família Colpo que, em conjunto, detém uma posse de um total de 60,334% das ações da firma, conforme o portal de relações com investidores da mesma. 

Marino Colpo, ao assumir a administração da companhia, tinha a intenção de inseri-la no negócio de trading de grãos. Entretanto, afirmou que a melhor atuação possível para a companhia, em termos de oportunidades e lucratividade, era o cultivo de sementes. 

A partir disso, sobre a gestão de Marino Colpo, o faturamento anual da companhia se multiplicou por, aproximadamente, 20 vezes no decorrer do período compreendido entre os anos de 2009 e 2020. Esse crescimento ocorreu com fundamentos na atuação da Boa Safra Sementes no início da cadeia produtiva no setor de insumos para a produção de soja, feijão e milho. Apesar disso, como mencionado anteriormente, os negócios da Boa Safra são, majoritariamente, focados na obtenção de sementes de soja. 


A Boa Safra Sementes (SOJA3) atualmente 

Como abordado previamente, a Boa Safra (ações SOJA3) é uma empresa que atua no setor de insumos agrícolas. A partir de sua atuação, a companhia comercializa as seguintes sementes: 

  • Sementes de soja: são a principal linha de atuação da empresa; 
  • Sementes de milho;
  • Sementes de feijão;

Além disso, a companhia não se limita apenas à obtenção e comercialização das sementes mencionadas. A Boa Safra sementes, com o uso de tecnologia, obtém e trata as sementes vendidas sobre condições específicas, para que elas sejam mais resilientes, tenham maior vigor e, a partir disso, gerem melhores safras dos produtos agrícolas mencionados. 

A ascensão progressiva do uso de tecnologias se expandiu fortemente no setor agrícola, como um todo. Desse modo, não poderia ser diferente no ramo de insumos agrícolas, no qual a tecnologia também desempenha um papel crucial para a obtenção de sementes de maior qualidade. 

Tecnologicamente, a Boa Safra Sementes adota o uso de químicos e de componentes genéticos com a finalidade de fazer com que as sementes tenham maior vigor e sejam mais resilientes. Como consequência, a companhia fornece sementes com maior potencial de gerar uma melhor safra ao agricultor. 

Além disso, é crucial destacar que tanto as terras nas quais as sementes são obtidas quanto as unidades de beneficiamento das mesmas são localizadas em localidades estratégicas, para obter a maior qualidade possível nas sementes. Em linhas gerais, as localizações das terras e instalações da companhia levam em consideração o nível de chuvas em temos de colheita, a altitude das terras e instalações, entre outros fatores cruciais para o beneficiamento das sementes. Como consequência de suas atividades, a companhia fornece mais de 30 variedades de sementes ao produtor. Geograficamente, a Boa Safra Sementes encontra-se presente nas regiões Centro-Oeste, Norte, Sudeste e Nordeste. 

Em sequência, a Boa Safra possui um modelo de negócios baseado em parcerias com produtores integrados, ou seja, sua atuação é fundamentada em uma estrutura de capital asset-light, na qual a companhia não possui terras próprias e obtém suas sementes com base na parceria com produtores. A ausência de terras próprias é extremamente vantajosa aos negócios da empresa, inicialmente, pois reduz o investimento necessário para sua atuação. Além disso, devido à ausência de muitos ativos próprios, a Boa Safra tem um patrimônio líquido menor e isso tende, com base no retorno da companhia, a elevar o ROE auferido pela empresa (Return On Equity – Retorno Sobre Patrimônio Líquido). 

Vale também destacar que a Boa Safra é uma empresa cíclica, ou seja, possui tanto lucros, quanto despesas sazonais, que aumentam e diminuem em ciclos ao longo do tempo. No caso específico da Boa Safra, a empresa tem maiores despesas no primeiro e no segundo trimestre do ano, ao passo em que aufere maiores lucros no terceiro e no quarto trimestre. Como consequência, é crucial que o investidor compreenda as particularidades do modelo de negócios da companhia em prol de compreender as variações de lucros, em virtude dos períodos de plantio e de colheita, assim como em virtude da celebração de acordos e parcerias. Além disso, é necessário o direcionamento de atenção aos ciclos de longo prazo do setor agrícola, afinal isso impacta diretamente as cotações de ações das companhias do setor, estando a Boa Safra (SOJA3) inclusa nessa realidade. 

Por fim, a Boa Safra possui iniciativas de caráter ambiental, através das quais visa a menor emissão de poluentes no exercício de suas atividades. Com base nisso, pode-se mencionar como exemplo o uso de uma usina fotovoltaica (energia solar) própria, em prol de utilizar energia limpa nas atividades da companhia.

Boa Safra na Bolsa de Valores

O IPO das ações da Boa Safra ocorreu em 2021 e suas ações podem ser negociadas através das ações SOJA3, que são ações ordinárias.

Pontos importantes a serem analisados para as ações da Boa Safra é o free float e o tag along.

O free float é o número de ações da Boa Safra que está em livre circulação no mercado, então quanto maior esse número for, melhor, por que quanto mais ações disponíveis para negociação, aumenta o interesse de mais investidores, impactando a liquidez da companhia, e atualmente, 39,66% das ações SOJA3 de Boa Safra estão em livre circulação no mercado.

Já o tag along representa o direito, em caso de venda das ações do sócio controlador, de vender suas ações em conjunto, podendo receber os mesmos valores que o acionista majoritário em caso de tag along de 100%. No caso de SOJA3, o tag along é de 100%.

Em termos de governança corporativa, as ações SOJA3 estão listadas no segmento Novo Mercado da B3, que representa o mais alto nível de governança corporativa. Por isso, Boa Safra possui uma série de práticas que devem ser seguidas para aumentar a transparência e consistência das informações e a proteção de seus acionistas, incluindo minoritários, assim caracterizando.

Como declarar ações SOJA3?

Para declarar as ações da Boa Safra no Imposto de Renda (IRPF), siga os passos:

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "105 - Brasil";
  • No campo do CNPJ, digite "10.807.374/0001-77";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação e a quantidade de ações, por exemplo "SOJA3 - QUANTIDADE: 1000";
  • No final, coloque o valor total investido no campo "Situação em 31/12".

As ações da Boa Safra pagam dividendos?

Você pode consultar a agenda dos próximos pagamentos de dividendos e o histórico de dividendos da Boa Safra na aba "dividendos" aqui na página da empresa.