O que é Seguro de Vida?

Escrito por:

Marcilio Lima

Todas as pessoas que possuem uma família deveriam considerar ter um seguro de vida. Inclusive, este é um dos tipos mais famosos de seguros.

Historicamente seguros de vida já ajudaram muitas famílias em situação de desespero, que passaram por uma perda inesperada e, graças a ele, puderam se manter.

Há, todavia, quem considere a contratação de um seguro como perda de tempo e dinheiro, e faça pouco caso da importância que esse investimento pode ter.

O que é seguro de vida?

O seguro de vida é uma das opções mais populares de seguro, pois a sua utilização é bastante simples e clara: indenizar os familiares do segurado no caso de um sinistro.

Basta considerar que algumas famílias têm apenas uma pessoa que provê recursos financeiros. Se esta pessoa morrer, os seus dependentes podem ficar desamparados.

De forma geral o seguro de vida serve como uma proteção para a família, para ajudá-la a passar por um momento difícil, que pode vir a acontecer pela morte do segurado.

O que o seguro de vida cobre?

Como a maioria das pessoas sabe ou imagina, o seguro de vida acaba se configurando como uma indenização. No entanto, essa indenização pode ter um destino certo.

Na maioria das vezes o seguro de vida pode ser utilizado nas seguintes situações:

  • Cobrir gastos póstumos do segurado, como impostos, dívidas, gastos funerários;
  • Financiamento de imóveis ou outros bens;
  • Para assegurar o futuro da prole, servindo como uma poupança para educação;
  • Manter a situação financeira do cônjuge.

Tipos de seguro de vida

Considera-se a existência de três tipos de seguro de vida, são eles:

  • Seguro por tempo: Quando o seguro vem a óbito, este tipo assegura o capital contratado aos beneficiários por um tempo estipulado em contrato;
  • Seguro dotal: Não está associado ao falecimento do segurado, pois garante recursos financeiros ainda “em vida” para os beneficiários;
  • Seguro ordinário: Sem limite de vencimento, podendo se estender por toda a vida do segurado. Propõe-se ao cliente um pagamento até o seu falecimento.

Qual a importância de um seguro de vida?

Qualquer pessoa que tenha apreço a sua família e que seja financeiramente organizada vê em um seguro de vida uma chance de fazer algo por quem ama até após a morte.

A questão é que quando uma pessoa morre, a vida de todas ao redor dela são afetadas, geralmente de uma forma negativa. E não apenas por questões sentimentais.

A morte de um indivíduo pode significar uma série de problemas que serão herdados pelos seus familiares e amigos. Problemas estes que podem não ter nada a ver com eles.

Está na lei que na ausência de um indivíduo, é possível cobrar suas responsabilidades (geralmente dívidas) aos seus familiares.

Entretanto, nem sempre estes familiares têm condições financeiras de arcar com essas possíveis dívidas, e isso pode se configurar um grande problema.

Por outro lado, quando se tem um seguro de vida esses problemas são diluídos graças aos recursos financeiros que podem ser usufruídos dele.

A verdade é que vale a pena fazer um planejamento financeiro para conseguir proteger aqueles a quem se ama das eventualidades da vida.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.