O que é Riscos Financeiros?

Qualquer tipo de investimento está sujeito a sofrer com riscos financeiros. Isso significa que, mesmo diversificando a carteira de ativos, os riscos continuam existindo.

Muitos investidores, no entanto, não estão muito bem informados a respeito destes riscos e não entendem muito bem as consequências deles.

O fato é que o termo risco financeiro trata-se de uma conceito amplo que serve para enquadrar riscos mais específicos, que afetam o investidor e o empreendedor.

O que é risco financeiro?

O risco financeiro trata-se da possibilidade de se perder dinheiro com um determinado investimento, seja ela um ativo na bolsa de valores, ou com um empreendimento.

Chama-se risco financeiro, justamente porque a pior coisa que pode acontecer é uma perda de recursos financeiros, independente da forma que essa perda aconteceu.

As razões por trás dos riscos financeiros são variadas. Mas algumas podem ser lembradas com mais facilidade:

  • Má gestão dos negócios de uma empresa;
  • Imprevistos causados pelas ações do mercado;
  • Regulações e interferências governamentais;
  • O cenário político do país;
  • Desastres naturais ou de saúde, como uma pandemia;
  • Entre outros.

Alguns dos riscos financeiros podem ser previstos ou prevenidos, que são os riscos não-sistêmicos. Mas existem os riscos sistêmicos, que dificilmente podem ser contornados.

Tipos de risco financeiro

Os riscos financeiros podem ser classificados com definições mais específicas que servem para explicar uma determinada situação. Veja três tipos de riscos financeiros:

  • Risco de crédito;
  • Risco de liquidez;
  • Risco de mercado.

Vamos falar um pouco sobre cada um deles.

Risco de crédito

O risco de crédito acontece quando uma determinada instituição considera a possibilidade de que o crédito que ela ofertou não será retornado a ela, e ela talvez sofra um calote.

Também pode ser considerado um risco de crédito a mera possibilidade de haver atraso no pagamento de parcelas de uma dívida.

Risco de liquidez

O risco de liquidez toma forma quando uma pessoa precisa reaver um determinado montante de dinheiro que está aportado em investimentos.

A possibilidade de ela não conseguir sacar o dinheiro de forma imediata e sem ter que pagar juros ou taxas, é vista como risco de liquidez.

Risco de mercado

Já o risco de mercado tem relação com as cotações das ações das empresas expostas na bolsa de valores. Este risco diz respeito aos papéis das empresas desvalorizarem muito.

Esse risco também pode ser considerado em outros tipos de investimento, como aqueles feitos em commodities e moedas estrangeiras.

Como evitar o risco financeiro?

Não existe uma fórmula que possa ser seguida que fará com que o investidor se torne imune ao risco financeiro por completo, no entanto, ele pode se precaver.

Analisar de forma minuciosa todos os investimentos que se intenciona fazer deve ser uma rotina básica de qualquer investidor. E existem pelo menos duas metodologias para isso:

  • Análise fundamentalista;
  • Análise técnica.

Com essas duas metodologias, será mais fácil entender como uma empresa funciona, quais são as suas qualidades e defeitos e também a perspectiva de crescimento.

Por outro lado, ficar de olho nas notícias sobre o setor, no mundo da política e qual a estratégia econômica está sendo adotada pelo país, também é fundamental.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.