O que é Letra de Crédito?

São tantas opções de investimento disponíveis que o investidor iniciante pode se confundir. Uma dessas opções de investimento é a Letra de Crédito.

Esse investimento possui algumas características que o tornam bem interessante para quem procura formar uma carteira de renda passiva.

Por outro lado, é importante entender que assim como outros investimentos de renda fixa, existem diferentes configurações para a Letra de Crédito.

O que é Letra de Crédito?

Uma Letra de Crédito é um papel emitido por uma instituição financeira habilitada, como bancos e agências de crédito, que tem a finalidade de financiar setores específicos.

Para o investidor, colocar o seu dinheiro em uma letra de crédito é como investir no Tesouro Direto ou em um CDB, com exceção de que os recursos vão para o setor privado.

A motivação por trás de quem emite uma Letra de Crédito é a seguinte: vale mais a pena buscar dinheiro com pessoas físicas do que pedir um empréstimo ao banco.

O investidor, por sua vez, é remunerado mensalmente (ou outro período estipulado) por meio de uma taxa de juros pré definida em troca do dinheiro que foi emprestado.

Tipos de Letras de Crédito

Existem dois tipos principais de Letras de Crédito, são elas:

  • LCA (Letra de Crédito do Agronegócio): usando para financiar produtos, comprar equipamentos ou industrializar produtos agropecuários;
  • LCI (Letra de Crédito Imobiliário): usado para financiar projetos imobiliários dos mais diversos tipos, indo desde a construção até a reforma.

Ou seja, na prática, a principal diferença entre ambas é o destino do dinheiro emprestado. Vale ressaltar que por enquanto as Letras de Crédito possuem apenas essas alternativas.

Características da Letra de Crédito

A Letra de Crédito é considerada um investimento de renda fixa, ou seja, um investimento relativamente seguro e com pouca volatilidade.

Ela pode tanto ser pré-fixada, ou seja, com uma taxa definida desde o momento da compra, sendo possível saber o seu rendimento até o fim, ou pós-fixada.

As opções pós-fixadas geralmente tem a sua rentabilidade atrelada à evolução do CDI (certificado de depósito interbancário), que tem relação aos empréstimos entre bancos.

Vale ressaltar que cada opção de Letra de Crédito tem as suas próprias condições, e o investidor precisa analisar muito bem antes de resolver investir o seu dinheiro.

Inclusive, o vencimento da Letra de Crédito é um dado muito importante, pois quanto maior ele for, maior tende a ser o rendimento do ativo também.

Um dos maiores benefícios desse investimento é a sua isenção de Imposto de Renda. Por outro lado, as instituições que o oferecem podem cobrar taxas diversas.

Por fim, assim como outros produtos da renda fixa, as Letras de Crédito são protegidas pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), até um valor de 250 mil reais.

Como investir em Letras de Crédito?

Para investir em Letras de Crédito é necessário ter conta em alguma instituição habilitada para oferecer esse ativo. Geralmente são bancos e corretoras de valores.

Depois, é necessário ter o dinheiro necessário na conta, pois não é possível fazer alavancagem com esse investimento.

Também é muito importante que o investidor considere o seu perfil de investidor, se ele quer investir a longo ou curto prazo e as condições do investimento.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.