O que é KNCA11?

Escrito por:

Marcilio Lima

O KNCA11 é um FII (fundo imobiliário) que destina seus investimentos às aplicações de renda fixa com lastro em operações agrícolas, ou seja, para as operações de crédito agrícola. O fundo, majoritariamente, utiliza os CRAs (Certificados de Recebíveis do Agronegócio) com seu principal instrumento.

Assim sendo, o KNCA11 é considerado um fundo chamado de “fundo de papel”, ou seja, ele investe somente em renda fixa atrelada ao agro, sem a presença da compra de imóveis em si, como fazendas ou galpões agroindustriais, por exemplo.

Na prática: o KNCA11 é uma opção de investimento nas cadeias agroindustriais por meio de uma posição credora, através de papéis de renda fixa, nos quais as empresas agrícolas devem capital ao fundo e, consequentemente, ao investidor.

Como referência, o setor agrícola representa, atualmente, mais de 20% do PIB brasileiro. Dessa forma, se trata de um setor relevante e de uma boa opção de investimento, lastrada, em última análise, em ativos reais e em um setor altamente produtivo no Brasil.

O KNCA11 possui uma gestão ativa, ou seja, seus investimentos são constantemente revisados e, se necessário, alterados.

Em termos operacionais, o fundo se destaca pela gestão da Kinea. A Kinea é uma gestora de fundos imobiliários, e de demais tipos de fundos, altamente renomada no Brasil.

Atentar à gestão é crucial dos chamados fundos de papel, visto que o impacto de uma boa gestão tende a gerar um diferencial significativo à rentabilidade e à proteção do patrimônio dos investidores.

Atualmente, o KNCA11 conta com certa diversificação tanto em relação aos setores nos quais suas operações de crédito são lastreadas quanto em relação à diversificação regional.

Visto que é um fundo recente, estreado no ambiente da B3 no mês de abril de 2021, é crucial ter em mente que o KNCA11 tende a evoluir ao longo dos anos e, consequentemente, o quadro de sua carteira tende a mudar significativamente.

As informações mais atualizadas sobre a carteira do KNCA11 podem ser encontradas em seu portal de relações com investidores (RI), como a composição de sua carteira e a que as operações presentes no fundo estão fundamentadas.

Operacionalmente, o KNCA11 é estruturado sobre a forma de condomínio fechado. Isso significa que, basicamente, o fundo não permite resgates, ou seja, não liquidará investimentos para honrar com pedidos de resgate.

Com isso, para liquidar seus investimentos, o investidor deve vender suas cotas de KNCA11 a mercado, por meio do ambiente da B3.

Qual é a estratégia do KNCA11?

O KNCA11 atua com uma estratégia de investimentos focada em operações de crédito agrícola, ou seja, é um fundo majoritariamente focado em investimentos de renda fixa com lastro nas cadeias agroindustriais. Isso classifica o fundo como um fiagro, um fundo imobiliário voltado ao agronegócio.

Em sua estratégia de gestão ativa, ou seja, de acompanhamento constante dos investimentos do fundo, o KNCA11 pode adotar uma série de instrumentos financeiros relacionados ao agronegócio como opções de investimento, por exemplo:

  • Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs);
  • Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs);
  • Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs);
  • Letras de Crédito Imobiliário (LCIs);
  • Cotas de fiagro;
  • Entre outros;

Dentre os instrumentos mencionados, o principal investimento adotado pelo KNCA11 são os CRAs, os títulos voltados diretamente ao agronegócio.

Atualmente, os setores que lastreiam os CRAs nos quais o KNCA11 investe são diversos e tendem a evoluir conforme o crescimento do fundo. Hoje, os principais são:

  • Açúcar e etanol;
  • Fruticultura;

Assim como as operações das quais o KNCA11 e seus investidores são credores possuem diversificação geográfica, entre diversos estados do Brasil.

Com o crescimento do fundo, ao longo do tempo, sua diversificação tende a crescer em diversos aspectos. Isso torna o fundo menos arriscado e mais robusto como um todo.

Já em termos de rentabilidade, atualmente os investimentos do KNCA11 são atrelados a duas principais taxas de juros: o CDI e a Selic, que basicamente andam juntos.

Os CRAs que o KNCA11 possui rendem, em geral, a variação do CDI acrescida de uma taxa fixa, expressa em percentual ao ano. Como exemplo, CDI + 4,00% ao ano.

Na prática: o KNCA11 visa atuar com a estratégia de trazer ao investidor rendimentos mensais a partir de um dos setores mais relevantes da economia, o agronegócio. Para isso, o fundo assume posições credoras, ou seja, empresa recursos a juros para empresas consideradas capazes de pagar os juros com confiança.

Em linha com sua estratégia, o fundo adota a diversificação de investimentos e de localidades. Dessa forma, ao longo do tempo, devemos ver mais indexadores de rentabilidade presentes no fundo, assim como maior diversificação.

Quais são os riscos do KNCA11?

O KNCA11 é um fundo majoritariamente investido em papéis de renda fixa ligados ao setor agrícola. O principal instrumento adotado pelo KNCA11, conforme já mencionado, são os CRAs. Operacionalmente, os principais riscos do KNCA11 estão ligados aos seus investimentos, ou seja, aos CRAs.

Nos papéis de renda fixa nos quais o KNCA11 investe, não há garantia do FGC. Portanto, o principal risco dos mesmos é chamado de risco de crédito, popularmente conhecido como o “risco de calote”.

Basicamente, o principal risco relacionado a papéis de renda fixa sem a garantia do FGC é o risco de que o devedor apresente dificuldades em pagar suas obrigações financeiras. Afinal, os papéis de renda fixa representam nada mais que uma dívida de uma empresa para com o investidor.

Além disso, temos presente no KNCA11 o risco de mercado. Basicamente, esse risco se refere à possibilidade de que ocorram variações e desvalorizações no valor de mercado das cotas de KNCA11.

Como consequência, caso o investidor opte por se desfazer de suas cotas em determinados momentos de desvalorização, ele pode incorrer em perda do capital investido ou em redução do seu lucro.

Por fim, tem-se presente o risco de liquidez, relacionado diretamente ao KNCA11. Basicamente, isso ocorre em virtude de um volume de negociação relativamente inferior do KNCA11 em relação aos fundos imobiliários mais consolidados.

O risco de liquidez se materializa na dificuldade ou, em casos extremos, na impossibilidade de negociar cotas de KNCA11. Entretanto, esse é um risco que tende a ser reduzido com a evolução do fundo a longo prazo.

Conforme seu crescimento, o KNCA11 tende a ser mais negociado. Isso torna sua negociabilidade no ambiente da B3 mais fluída e elimina, com o tempo, o risco de liquidez atualmente presente.

O KNCA11 paga dividendos?

Sim! O KNCA11, conforme a legislação que rege os fundos imobiliários, paga ao mínino 95% de seu fluxo de caixa em forma de dividendos ao investidor. O pagamento dos proventos de KNCA11 ocorre no 9º dia útil de todos os meses.

Quando o KNCA11 paga dividendos?

O KNCA11 paga dividendos com frequência mensal. O pagamento, conforme o portal de relações com investidores do fundo, ocorrerá sempre todo 9º dia útil do mês.

Já a data-com, ou seja, a data limite na qual o investidor deveria ter a cota em carteira para receber aos dividendos do mês, é o último dia útil do mês anterior ao pagamento.

Como exemplo, no 9º dia útil de julho de 2022 o investidor receberá dividendos de KNCA11 se já possuísse cotas do fundo no último dia útil do mês de junho de 2022, o mês anterior ao pagamento.

Caso essa condição não seja atendida, o investidor receberá os dividendos somente no próximo mês, no caso do exemplo em agosto, como remuneração referente a julho.

Qual é o público-alvo do KNCA11?

O KNCA11 possui os investidores em geral como seu público-alvo. Isso significa que qualquer investidor pode comprar cotas de KNCA11 no ambiente da B3, sem a existência de qualquer restrição.

Investidores tanto pessoa física (PF) quanto pessoa jurídica (PJ) poderão adquirir cotas de KNCA11 por meio do ambiente da B3. Não existem restrições tanto de conhecimento técnico do investidor quanto em relação a seu patrimônio acumulado no mercado financeiro.

Antes de investir, o importante é entender os riscos e objetivos do fundo, mencionados aqui e em seu portal de relações com investidores, para compreender se o KNCA11 se encaixa com seu perfil de investidor.

Como investir no KNCA11?

A compra de cotas do KNCA11 ocorre de modo similar à compra dos demais fundos imobiliários e ações, por meio do ambiente de negociação da B3. Para adquirir as cotas do KNCA11, recorra à corretora de sua preferência e insira o código KNCA11. Feito isso, insira os dados básicos da compra: quantidade e preço desejados.

Após preencher os dados básicos da ordem de compra, basta enviar a ordem para execução e, por fim, conferir se a ordem foi executada completamente.

Uma forma de agilizar a execução de uma ordem de compra é executá-la a mercado, ao inserir o mesmo preço de negociação do mercado ou selecionar a opção ORDEM A MERCADO.

Quais são as taxas do KNCA11?

Ao investir em KNCA11, o único custo presente ao investidor, por parte do fundo, é a taxa de administração do patrimônio sobre gestão. O KNCA11 pratica uma taxa de administração de 1,20% ao ano.

Demais taxas, como taxas de performance ou de gestão, não são presentes no KNCA11.

O único possível custo adicional para investir em KNCA11 é a corretagem, praticada pelas corretoras. Entretanto, grande parte das corretoras atualmente pratica taxa zero para investir em FIIs.

O KNCA11 tem garantia do FGC?

Não! O KNCA11 não possui a garantia do Fundo Garantidor de Crédito, o FGC, assim como os demais FIIs. Não há garantias tanto de proteção do capital inicial investido quanto de rentabilidade mínima do KNCA11.

Os administradores e gestores do KNCA11, similarmente, não oferecem garantias de rentabilidade mínima do fundo ou de proteção do capital investido. Assim como não são, legalmente, responsáveis por volatilidade na cota do fundo, que é natural por razões do mercado.

O KNCA11 é um fundo de renda variável, sua rentabilidade depende unicamente da valorização das cotas na B3 e dos dividendos pagos pelo fundo. Esses fatores dependem unicamente da evolução dos investimentos feitos pelo fundo, sem garantias de rendimento.

O que são os direitos de subscrição do KNCA11?

A emissão de novas cotas é a principal forma pela qual os fundos imobiliários podem se expandir. Ao emitir novas cotas, o KNCA11 irá fornecer, aos seus atuais investidores, direitos de preferência para a compra das novas cotas, também chamados de direitos de subscrição.

FIIs emitem novas cotas, para crescer, pois os mesmos não retem parte dos lucros do fundo para financiar seu crescimento. Isso ocorre devido ao fato de que FIIs distribuem ao menos 95% de todo o lucro gerado para os cotistas, na forma de dividendos.

Logo, as novas cotas são emitidas para captar recursos e aumentar o patrimônio do FII.

Como consequência, para que os atuais investidores não tenham sua participação no KNCA11 diluída, os mesmos recebem os direitos de preferência na compra das novas cotas.

Como exercer os direitos de subscrição do KNCA11?

O exercício dos direitos de subscrição é realizado na aba ou tela de DIREITOS DE SUBSCRIÇÃO / SUBSCRIÇÕES / DIREITOS DE PREFERÊNCIA de sua corretora de preferência.

Nessa tela, os direitos de subscrição do KNCA11 poderão ser identificados. Logo, você saberá quantas novas cotas possui direito a comprar, assim como o preço ao qual elas serão ofertadas a você.

Vale lembrar que você não possui a obrigação de comprar / subscrever todas as cotas às quais tem direito, é possível comprar uma quantidade menor que o total concedido.

Ao proceder com a subscrição e concluir a aquisição das novas cotas, é importante atentar-se à data na qual o valor da compra será debitado de sua conta. Geralmente, essa data não é a mesma em que você exerce o direito.

Além disso, é importante manter-se atento ao prazo para solicitar a subscrição, passado o prazo a solicitação não será mais possível por qualquer meio.

Em complemento, o prazo legal para que as novas cotas KNCA11 entrem em sua conta na corretora é de 180 dias. Apesar disso, normalmente a entrada ocorre antes do prazo máximo.

Além disso, no decorrer deste intervalo o pagamento de dividendos das novas cotas emitidas já pode ocorrer.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.