O que é Índice de Governança Corporativa Trade (IGCT B3)?

Existem muitos fatores que podem ser considerados ao se analisar a ação de uma empresa, entre estes, a governança corporativa é um dos mais importantes.

Neste sentido, para traçar as melhores análises deste importante dado, existe o chamado Índice de Governança Corporativa Trade (IGCT B3).

Apesar de ser um índice atual da B3, sua criação se deu ainda quando a entidade se chamava Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&F Bovespa).

O que é o Índice de Governança Corporativa Trade (IGCT B3)?

O Índice IGCT B3 lista as ações das empresas com a melhor governança corporativa listadas na Bolsa de Valores brasileira, a B3. É uma carteira teórica.

Este índice, por sua vez, trata-se de um índice de retorno total, ou seja, são considerados:

  • A valorização do ativo;
  • O retorno que ele entrega em dividendos.

Vale ressaltar que o IGCT B3 funciona principalmente como um afunilamento do índice IGC - Índice de Governança Corporativa, que opera de forma mais generalista.

Diferença entre IGC e IGCT B3

Muitos investidores confundem ambos índices como sendo siglas ou definições para a mesma coisa, porém isso não poderia estar mais errado.

O IGC trata-se de um índice com uma barreira de entrada muito mais branda, abarcando ações apenas do Novo Mercado ou que possuem classificação de nível 1 ou 2 na Bovespa.

O IGCT B3, em contrapartida, usa os dados do IGC, porém escolhe dentre as empresas listadas neste, apenas aquelas que apresentam maior liquidez.

Em outras palavras, o IGCT B3 trata-se de índice mais específico que o IGC, servindo para de um ponto de partida mais embasado ao para o investidor comum.

É evidente que, governança corporativa e liquidez, por mais importantes que sejam, não são os únicos critérios que devem ser avaliados.

Critérios para ser listado no IGCT B3

Vale ressaltar que o IGCT B3 possui critérios mais rigorosos para permitir que ações sejam listadas nele. Critérios estes compartilhados com outros índices.

Os principais são:

  • Ter estado presente em 50% no período de três carteiras anteriores;
  • Estar entre as ações 99% mais negociados da bolsa de valores;
  • Ter marcado presença no pregão de, pelo menos 95%, no período de vigência de três carteiras anteriores;
  • Ter um valor superior a 1 real por ação, ou seja, não podendo ser uma penny stock.

Por outro lado, vale lembrar que a governança corporativa é avaliada mediante os seguintes critérios: transparência; equidade; prestação de contas e responsabilidade corporativa.

Como investir no IGCT B3

Primeiramente, é importante ressaltar que não existe nenhum produto financeiro disponível no mercado atrelado à evolução do IGCT B3.

Tendo dito isso, é possível investir em ETFs que utilizam ativos deste índice em sua composição, como, por exemplo, o GOVE11.

Outra forma de utilizar o IGCT B3 é investindo isoladamente nas ações que estão presentes no índice, mas isso dependerá principalmente dos conhecimentos do investidor.

Na realidade, é importante lembrar que qualquer investimento precisa ser feito mediante uma análise prévia responsável de vários fatores.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.