O Fundo Offshore é uma modalidade de investimento, no qual a gestão acontece nacionalmente, porém os ativos componentes do fundo encontram-se no exterior, em localizações geográficas onde os impostos são menores (os paraísos fiscais), como exemplo da Suíça, Luxemburgo ou Ilhas Cayman.

Os benefícios desse investimento é diversificação, poder contar com capital internacional (geralmente euro ou dólar americano), obter vantagens fiscais e eliminar despesas como os impostos, além de investir em mercados mais maduros e diversificados do que o brasileiro.

O investidor pode aplicar em Fundos Offshore de três maneiras:

  • Fundos de Renda Fixa: Aplicar em títulos de Renda Fixa (públicos ou privados) emitidos por países estrangeiros é uma possibilidade de exposição à moeda externa, apesar de sua rentabilidade ser menos volátil e mais previsível;
  • Fundos de Renda Variável: Adquirir ações/empresas listada em bolsas no exterior) também é uma possibilidade para tais fundos;
  • Fundos Mistos: Consiste na combinação de Renda Fixa e Variável de modo a obter a internacionalização de patrimônio do investidor.
  • BDRs e ETFs: Os BDRs (recibos que representam um papel de uma empresa listada em bolsa no exterior) e os ETFs (fundos que acompanham um índice do mercado no exterior) também são formas de aplicar em Fundos Offshore.

O investimento em Fundos Offshore requer estudo do investidor, especialmente em questões jurídicas envolvidas, bem como um montante mais volumoso de capital a ser aplicado. Tais investimentos também precisam ser declarados à Receita Federal. Por isso, é um investimento mais restrito.

A maior vantagem de um Fundos Offshore é a diversificação em moeda que tais produtos financeiros proporcionam, o que oferece rentabilidade ao investidor, sem abrir mão da segurança, especialmente no longo prazo. Por outro lado, há taxas de administração (na maioria dos casos) e de performance (em alguns casos) que podem estar acima da média do mercado, sem mencionar o fato de que são pouco democráticos, visto o alto aporte inicial.

Veja outros termos do mercado financeiro:

Mais acessados