O que é Demonstração de lucros ou prejuízos acumulados (DLPA)?

A Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados é um relatório de profundo interesse aos investidores, gestores, acionistas maioritários e minoritários, bem como o mercado em geral e pessoas interessadas, por demonstrar a saúde financeira de uma determinada empresa e por revelar se houve lucro ou prejuízo registrado em um período delimitado de tempo.

Mais especificamente, é um relatório contábil, obrigatório para algumas empresas, que mostra as mudanças que aconteceram no Patrimônio Líquido de uma companhia e pode ser entendido como as variações do Caixa, revelando momentos de registro de lucro ou prejuízo. 

Esse documento difere do Balanço Patrimonial (BP) e da Demonstração de Resultados do Exercício (DRE) por revelar qual vai ser o destino do lucro obtido e registrado no BP e DRE, sendo o último relatório a ser elaborado após os dois relatórios.

Sendo assim, é possível destinar o valor do lucro para três fins:

  • Constituição de Reserva de Lucros: uma espécie de montante a ser guardado para fins de reserva estatuária, reserva de incentivos fiscais, reserva para contingências, reserva de lucros a realizar ou reserva de retenção de lucros;
  • Pagamento de Dividendos: parte do lucro de uma empresa deve ser destinado ao pagamento de dividendos para sócios e acionistas;
  • Aumento de Capital Social: a empresa pode aplicar o lucro em seu próprio Patrimônio Líquido (PL) para fins de crescimento próprio ou cumprimento do estatuto social.

Desse modo, a DLPA deve informar:

  • O saldo inicial de lucros ou prejuízos, com ajuste aos Exercícios anteriores;
  • O pagamento de dividendos ou outras modalidades de distribuição do lucro obtido no período;
  • O montante de capital que foi incorporado ao Capital Social da empresa;
  • O saldo final de lucros ou prejuízos acumulados no período em análise.

Esse documento deve ser elaborado para mostrar o desempenho de uma entidade em um período delimitado de tempo e informar o valor de impostos sobre o lucro que deverão ser pagos para fins fiscais, seja através do Imposto de Renda para Pessoas Jurídicas (IRPJ) ou Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

Dessa maneira, é um documento que preza pela transparência da gestão da empresa e fornece dados essenciais para gestores e investidores, como a capacidade de uma companhia gerar lucro ou identificar ciclos de força econômica, ou recessão, além de permitir que novas estratégias sejam traçadas para crescimento do negócio a partir da análise desse documento.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.