Ações AES Brasil Energia AESB3

AES Brasil Energia SA

A AES Brasil (ações AESB3) é a 3ª maior companhia privada de geração de energia do país. Representando pouco mais de 2,2% da capacidade total instalada no Brasil, com 12 grandes usinas hidrelétricas localizadas na região central e noroeste do estado de São Paulo. Ver mais

Conheça AES Brasil Energia ações AESB3

A AES Brasil Energia é uma companhia de capital aberto que negocia suas ações na bolsa de valores brasileira, elas são negociadas sob o ticker AESB3 na B3.

Indicadores AESB3

  • P/L10,85

  • LPA0,98

  • P/VPA1,6

  • VPA6,63

  • DY0,57%

A AES Brasil é uma geradora de energia elétrica a partir de matrizes 100% renováveis no Brasil. Em geral, a companhia atua na geração de energia através dos modais hidroelétricos, eólico e solar por meio de plantas de geração de energia presentes em diversas localizações do território nacional. Sendo assim, a AES Brasil (ações AESB3) visa expandir-se na atividade de geração de energia fundamentada na sustentabilidade, para tanto a companhia, adicionalmente à geração apenas, atua no desenvolvimento de soluções e tecnologias, de grande e pequeno porte, a serem empregadas em prol do aumento da eficiência de seus serviços.

Em virtude de suas boas práticas de sustentabilidade nos negócios e de governança corporativa, as ações da AES Brasil constituem índices relevantes de referência em sustentabilidade no mercado de capitais brasileiro. Além disso, a companhia possui, atualmente, destaque no ambiente de investimentos ESG (Ambiental, Social e Governança), cuja relevância tem se ampliado nos investimentos em ações.

História da AES Brasil

A atuação da AES Brasil no Brasil iniciou-se no ano de 1999, vale lembrar que o Grupo AES como um todo possui ampla presença mundial, entretanto a ênfase recairá sobre as operações brasileiras, sobre a atual denominada AES Brasil, atuante no Brasil. Em virtude da cisão (separação/divisão) dos ativos da Companhia Energética de São Paulo (CESP), ocorrida devido ao seu processo de privatização, o grupo AES adquiriu a Companhia de Geração de Energia Elétrica Brasil (uma das empresas controladas pela CESP), assim consolidando o início de suas operações no Brasil por meio da aquisição da companhia estatal. A partir da aquisição da companhia controlada pela CESP, a AES Brasil obteve uma infraestrutura de 12 usinas de geração hidroelétrica. Entretanto, devido à uma reestruturação da AES, tal companhia passou a ser controlada pela Companhia Brasiliana de Energia, holding controlada pela AES Corpo e pelo BNDES.

Adiante com as operações em geração de energia elétrica, a AES Brasil manteve-se empenhada tanto na operação de seu ativo de geração hidroelétrica quanto na negociação de contratos e de venda de sua energia gerada, quando necessário. Tem-se, como exemplo de adaptabilidade nas negociações, o início no ano de 2012 da estratégia de negociação para comercializar a maior parcela disponível da energia gerada pela companhia no Ambiente de Contratação Livre (ACL), em virtude do vencimento de um contrato que viria a ocorrer em 2015 e possuía a AES Eletropaulo como contraparte. Por isso, nota-se a capacidade da AES Brasil (AESB3) em adaptar-se às novas condições e possibilidades de mudanças futuras em sua atuação.

No ano de 2011, a companhia adentrou na geração de energia através de um modal que abrange a geração hidrelétrica, por meio da conclusão da construção de uma usina PCH (Pequena Central Hidroelétrica) em São João da Boa Vista (SP). Apesar de utilizar o mesmo princípio de geração hidrelétrica, as usinas tipo PCH possuem um menor impacto ambiental devido ao seu menor porte e à menor área necessária para utilização como reservatório. Tal marco na trajetória da AES novamente torna a explicitar seu compromisso com a geração sustentável de energia elétrica, através das abundantes fontes renováveis existentes no Brasil.

Adicionalmente às usinas PCH, tanto a fonte de geração solar quanto a fonte de geração eólica tornaram-se parte dos ativos de geração elétrica da AES Brasil em 2017. A geração solar tornou-se parte do portfólio da companhia através da aquisição do Complexo Solar Boa Hora, entretanto houve investimentos e aquisições em anos posteriores no modal de geração solar. Enquanto que a geração eólica tornou-se abrangida pela empresa através da aquisição do Complexo Eólico Alto Sertão II. A partir deste ponto, apesar dos investimentos ocorridos posteriormente, a AES Brasil já estava inserida no agregado das modalidades de geração elétrica nas quais atualmente opera suas atividades, ou seja, já possuía atividades de geração hidroelétrica, solar e eólica.

Vale destacar que, no ano de 2015, ocorreu uma reestruturação societária na companhia, entre a AES Brasil S.A e sua respectiva controladora, a Companhia Brasiliana de Energia. Neste evento, a AES Brasil incorporou a companhia AES Rio PCH Ltda e, em virtude da reestruturação ocorrida, a nomenclatura conferida ao conglomerado resultante foi AES Brasil Energia S.A.

AES Brasil nos dias de hoje

Hoje, a AES Brasil (ações AESB3) operacionaliza atividades de geração de energia elétrica através de fontes 100% renováveis no território brasileiro. O consolidado de suas fontes de geração elétrica inclui os modais hidrelétrico (através de usinas de grande porte e pequeno porte (PCH)), eólico e solar. Em geral, a companhia possui plantas de geração com razoável diversificação regional, conforme entende existir potencial para geração elétrica em suas atuais localidades. Logo, a operação da AES no Brasil possui ativos de geração de eletricidade localizados nos estados de São Paulo, Bahia e Rio Grande do Norte.

Inicialmente, a infraestrutura de geração hidroelétrica, sendo a principal responsável pelo total de energia gerada pela AES Brasil, localiza-se integralmente no estado de São Paulo. Dentro do território de São Paulo, a companhia possui um total de 12 usinas hidrelétricas, incluindo as Pequenas Centrais Hidrelétricas, que geram menos impacto ambiental. Em prol do melhor aproveitamento da correnteza do Rio Brasil, 5 das usinas hidrelétricas foram instaladas no decorrer do Rio. Entretanto, a usina Água Vermelha, localizada no Rio Grande, é a maior usina controlada pela AES Brasil e responde por parte majoritária da energia gerada pela empresa, respectivamente 59% da energia assegurada pela AES Brasil.

Ao passo que, na modalidade eólica, a companhia opera o Complexo Eólico Alto Sertão II. Localizado no estado da Bahia, o Complexo mencionado contém 15 parques de geração eólica. Finalmente, a AES opera a geração solar através de 2 respectivos complexos de geração.

AES Brasil Energia na Bolsa de Valores

A Oferta Pública Inicial (IPO) das ações da AES Brasil Energia ocorreu em 2001 e suas ações podem ser negociadas por meio das ações AESB3, que são ações ordinárias.

Pontos importantes a serem analisados para as ações da AES Brasil Energia é o free float e o tag along.

O free float é o percentual de ações da AES Brasil Energia que está em livre circulação no mercado. Quanto maior esse número, melhor, por que quanto mais ações disponíveis para negociação, aumenta o interesse de mais investidores, impactando a liquidez da companhia, e atualmente, 53,29% das ações AESB3 de AES Brasil Energia estão em livre circulação no mercado.

Já o tag along representa o direito, em caso de venda das ações do sócio controlador, de vender suas ações junto, podendo receber os mesmos valores que o acionista majoritário em caso de tag along de 100%. No caso de AESB3, o tag along é de 100%.

No ponto da governança corporativa, as ações AESB3 estão listadas no segmento Novo Mercado da B3, que representa o mais alto nível de governança corporativa. Como resultado, AES Brasil Energia possui uma série de práticas que devem ser seguidas para o aumento de transparência e coerência de informações e a proteção de seus acionistas, incluindo minoritários, assim caracterizando.

Como declarar ações AESB3?

Para declarar as ações da AES Brasil Energia no Imposto de Renda (IRPF), siga os passos:

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "105 - Brasil";
  • No campo do CNPJ, digite "37.663.076/0001-07";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação e a quantidade de ações, por exemplo "AESB3 - QUANTIDADE: 1000";
  • No final, coloque o valor total investido no campo "Situação em 31/12".

As ações da AES Brasil Energia pagam dividendos?

Você pode consultar a agenda dos próximos pagamentos de dividendos e o histórico de dividendos da AES Brasil Energia na aba "dividendos" aqui na página da empresa.