Cotacão AFLT3

Confira o preço das ações AFLT3

  • Preço AFLT3R$ 9,13

  • Valorização (7d)0,11%

  • Valorização (1m)0,33%

  • Valorização (12m)7,92%

Indicadores da AFLT3

Confira os fundamentos das ações AFLT3

Indicadores de valuation

  • DY4,67%

  • P/L4,82

  • P/VP2,12

  • LPA1,9

  • VPA4,3

  • PSR3,74

  • P/EBIT4,67

  • EV/Ebit4,42

  • EV/Ebitda0

Indicadores de rentabilidade

  • C. RECEITA 5A30,86%

  • C. LUCRO 5A52,99%

  • ROE45%

  • ROIC43,2%

  • Giro ativos0,49

  • Margem bruta82,74%

  • Margem ebit80,13%

  • Margem líq.80%

Indicadores de endividamento

  • Liq. corrente3,4

  • Dívida liq / pl-0,11

  • Dív. liq / ebitda0

  • Pl / ativos0,86

Não há notícias recentes.

Dividendos da AFLT3

Confira a agenda, histórico e simulador de dividendos das ações AFLT3

Simulador de dividendos da AFLT3

Confira o simulador de dividendos das ações AFLT3

Insira a renda mensal desejada e veja a mágica do nosso simulador acontecer :)

A simulação é feita para o recebimento de dividendo médio mensal, e não mensal, usamos como base o pagamento de dividendos e jcps dos últimos 12 meses e a cotação atual.

Clique aqui para realizar a simulação de outros ativos e realizar comparações.

AFLT3 - Ação ON - Ordinária

Confira os detalhes das ações AFLT3

Conheça a Afluente T (AFLT3)

A AFLT Afluente T é uma empresa brasileira de capital aberto do segmento de energia, fundada em 2009 e com sede no estado da Bahia.

Atuação da Afluente T (AFLT3)

A companhia funciona basicamente como uma transmissora de energia elétrica, possuindo mais de 489 km de linhas de transmissão, com potência instalada de 600 MVA.

No entanto, ela também é responsável pelo estudo, projeto, construção e exploração de sistemas de geração e transmissão de energia elétrica e serviços paralelos.

Para fazer isso, a Afluente Geração, sua empresa irmã, opera as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) de Correntina e Alto Fêmeas.

Os ativos que compõem a companhia atualmente são as linhas de transmissão:

  • Itagibá-Funil;
  • Poções II - Itagibá;
  • Ford - Pólo;
  • Pólo - Camaçari IV;
  • Ford - Pólo;
  • Pólo - Camaçari IV;
  • Tomba-Governador Mangabeira;
  • Tomba-Governador Mangabeira;
  • Funil-Poções.

E as subestações:

  • Polo, Ford, Funil, Camaçari e Itagibá;
  • Tomba;
  • Brumado II.

O controle da empresa, por sua vez, fica a cargo da Neoenergia, que detém quase 88% das ações. No entanto, 8,5% dos papéis estão nas mãos da Iberdrola Energia S.A.

Vale destacar que a Neoenergia, sua controladora majoritária, é um dos maiores grupos de distribuição de energia do país, com 4GW de capacidade instalada.

O grupo está atualmente presente em 18 estados brasileiros, com negócios segmentados em geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia.

São atendidos mais de 15 milhões de clientes, ou algo em torno de quase 40 milhões de pessoas. Vale destacar que a empresa trabalha com 88% de energia renovável.

Em questão de infraestrutura, são mais de 2,3 mil km de linhas em operação, sendo que ainda há mais 4,3 mil km em plena construção. 

As empresas atualmente controladas pelo grupo são: 

  • Neoenergia Narandiba; 
  • Neoenergia Sobral;
  • Neoenergia Potiguar;
  • Neoenergia Atibaia;
  • Neoenergia Biguaçu;
  • Neoenergia Dourados;
  • Neoenergia Santa Luzia;
  • Neoenergia Jalapão.

Histórico da Afluente T (AFLT3)

A história da AFLT Afluente T começou no ano de 2009, quando o Grupo Neoenergia decidiu fazer uma cisão na sua controlada, a Afluente Geração e Transmissão de Energia Elétrica.

Esta, por sua vez, havia sido fundada em 2005 para assumir os ativos que antes pertenciam à Coelba. A cisão então originou duas empresas diferentes efetivamente.

Desde sua origem, até hoje, a empresa vem mantendo o mesmo patamar operacional e financeiro, sem ter passado por grandes expansões ou mesmo vivenciado qualquer crise.

Outras informações

A companhia faz parte de um setor altamente regulado de difícil concorrência. Ela também possui muito dinheiro em caixa e faz distribuição regular de dividendos aos acionistas.

Análise das ações Afluente T

Confira a análise fundamentalista das ações da Afluente T

Declarando AFLT3 no imposto de renda

Confira o passo a passo de como declarar as ações AFLT3 no IRPF

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "105 - Brasil";
  • No campo do CNPJ, digite "10.338.320/0001-00";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação e a quantidade de ações, por exemplo "AFLT3 - QUANTIDADE: 1000";
  • No final, coloque o valor total investido no campo "Situação em 31/12".

Dúvidas comuns sobre as ações Afluente T

Confira as principais dúvidas sobre as ações Afluente T

Veja o passo a passo para comprar ações da Afluente T:

  • A primeira coisa que você precisa para investir nas ações da Afluente T é ter uma conta em uma corretora de valores. Caso ainda não tenha, não se preocupe, é bem simples de abrir e você pode fazer diretamente pelo seu celular;
  • O segundo passo é transferir o dinheiro que quer investir para a sua conta na corretora;
  • Agora no app da sua corretora, basta procurar pelo código AFLT3, selecionar a quantidade de ações desejada e clicar em comprar.

Caso tenha dúvidas neste processo, nos chame no grupo privado que te ajudaremos.