Ações Zoom Video ZM

A Zoom Video Communications Inc. (ações ZM na NASDAQ e BDRs Z1OM34) é uma empresa de tecnologia em comunicações americana que oferece serviços de reuniões online por meio de vídeo chamadas e chat. Ainda, a empresa possui escritórios nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia. Ver mais

Conheça Zoom Video ações ZM

Zoom Video é uma empresa de capital aberto negociada na bolsa de valores americana, suas ações são negociadas através do ticker ZM.

IRS

PÁGINA NA NASDAQVer site ⇨

FUNDADO

PÁGINA DE RIVer site ⇨

SITE OFICIALVer site ⇨

A Zoom Video Communications Inc. (ações ZM na NASDAQ e BDRs Z1OM34) é uma empresa de tecnologia em comunicações americana que oferece serviços de reuniões online por meio de vídeo chamadas e chat. Ainda, a empresa possui escritórios nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia.

História da Zoom

Os esforços para fundar a Zoom (ações ZM na NASDAQ e BDRs Z1OM34) se iniciaram em 2011 pelo ex-vice presidente da Cisco Webex (ações CSCO na NASDAQ e BDRs CSCO34) Eric Yuan. Na ocasião, Eric abandonou a antiga companhia com mais 40 engenheiros com o intuito de fundar uma nova, que até então receberia o nome Saasbee, Inc. Nesse sentido, somente no ano seguinte que a empresa mudou seu nome para Zoom.

A versão beta do aplicativo Zoom foi lançada em setembro de 2012, sendo a Stanford University o primeiro cliente do aplicativo, firmando o contrato em novembro. Ainda, o serviço em si foi lançado em janeiro de 2013, conquistando 400.000 usuários no final desse mesmo mês e mais de 1 milhão até maio deste ano.

Em meados de 2013, a companhia estabeleceu diversos acordos de colaboração com provedoras de softwares B2B, como a Redbooth (que se tornou Teambox). Além disso, ela também criou o programa Works with Zoom, com o objetivo de estabelecer parcerias com grandes empresas, como a Logitech (ações LOGI na NASDAQ), Vadios e a InFocus. Ademais, até setembro deste ano, o aplicativo contava com mais de 3 milhões de usuários.

Os números da empresa continuaram crescendo exponencialmente, chegando à marca de 40 milhões de usuários (com 65.000 organizações inscritas) em fevereiro de 2015. Continuando, a Zoom realizou uma integração de softwares com a Slack, a Salesforce e a Skype for Business até o final de 2016.

Agora, em 2017 a Zoom lançou um serviço de telemedicina, permitindo que médicos realizem consultas de pacientes por meio de teleconferências na plataforma. Nesse mesmo ano, foram anunciadas uma integração com o sistema de conferências da Polycom e uma integração com os serviços de calendário do Microsoft Outlook, do Google Calendar e do iCal.

Outrossim, também em 2017, foi realizada a primeira Zoomtopia (conferência anual da Zoom), onde foram anunciadas uma parceria com a Meta (visando esforços no âmbito da realidade aumentada) e integração com a Slack e a Workplace by Facebook.

Outrossim, a Zoom realizou seu IPO em 2019, ingressando na NASDAQ, com as ações ZM. Nesse prisma, uma grande valorização dos papéis da companhia ocorreu no ano de 2020, uma vez que, com a pandemia, diversas pessoas foram obrigadas a adotar as plataformas de reuniões online.

Por fim, a companhia adquiriu a Keybase em 2020, sendo uma companhia especializada em criptografias. Junto a isso, os primeiros serviços de hardware da companhia foram lançados, como a Zoom Rooms e a Zoom Phone.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.