Ações Gamestop GME

A GameStop (ações GME) é uma empresa varejista de jogos e entretenimento, sua sede fica em Dallas, Texas, nos Estados Unidos. Opera mais de 6700 lojas em diversos países, como: no Canadá, Porto Rico, Irlanda, Áustria, Dinamarca, Suécia, Rússia, Noruega, Finlândia, Alemanha, Espanha, Suíça e Itália. Ver mais

Conheça Gamestop ações GME

Gamestop é uma empresa de capital aberto negociada na bolsa de valores americana, suas ações são negociadas através do ticker GME.

PÁGINA NA NASDAQVer site ⇨

FUNDADO

IPO

PÁGINA DE RIVer site ⇨

SITE OFICIALVer site ⇨

A GameStop (ações GME) é uma empresa integrante do Fortune 500 e sediada em Grapevine, Texas, é uma varejista omni-channel com tecnologia digital, oferecendo jogos e produtos de entretenimento em suas mais de 5.000 lojas e propriedades abrangentes de comércio eletrônico em 10 países.

Por meio de sua família de marcas, oferece a melhor seleção de consoles de videogame, acessórios e títulos de videogame novos e usados, em formatos físicos e digitais.

Além disso, também oferece aos fãs uma grande variedade de figuras de vinil, colecionáveis, jogos de tabuleiro e muito mais. Por meio do programa exclusivo de compra e venda da GameStop, os jogadores podem negociar consoles de videogame, jogos e acessórios, bem como eletrônicos de consumo por dinheiro ou crédito na loja.

A família de marcas da empresa inclui GameStop, EB Games, Micromania, ThinkGeek e a revista impressa de publicação de videogame digital, Game Informer®, que é líder mundial.

As operações da GameStop (ações, GME) se concentram em maioria nos Estados Unidos, entretanto possuem lojas também no Canadá, Austrália e Europa atuando por meio de várias formas de negócio.

A GameStop (ações GME) fornece dinheiro ou crédito comercial a seus consumidores em troca de videogames, acessórios e tecnologias indesejadas dos clientes. As trocas de videogames usados ​​garantem à companhia uma margem bruta equivalente ao dobro das vendas de novos videogames.

Alguns desenvolvedores e editores de vídeo games criticaram a GameStop por suas práticas, uma vez que não recebem nenhuma parte da receita da venda de jogos usados. Entretanto, essas críticas foram respondidas em 2009, onde a companhia informou que 70% do crédito da loja gerado por trocas de jogos foi usado para comprar jogos novos em vez de usados, gerando cerca de US$ 2 bilhões em receita anual.

História da GameStop (GME)

A GameStop (ações GME) tem suas raízes na Babbage's, uma varejista de software com sede em Dallas, Texas, fundada em 1984 pelos ex-colegas da Harvard Business School, James McCurry e Gary M. Kusin. A empresa recebeu o nome de Charles Babbage e abriu sua primeira loja no NorthPark Center de Dallas com a ajuda de Ross Perot, um dos primeiros investidores da empresa.

Rapidamente começou a se concentrar nas vendas de videogames para o então dominante Atari 2600. Babbage's começou a vender jogos da Nintendo em 1987 e tornou-se uma empresa pública por meio de uma oferta pública inicial em 1988. Em 1991, os videogames respondiam por dois terços das vendas de Babbage.

Em 1999 a empresa foi vendida para a rede de livrarias Barnes & Noble, realizando uma operação de fusão com sua concorrente Funco logo depois. No início dos anos 2000 foi renomeada como GameStop e teve sua abertura de capital realizada em 2002 na Bolsa de Nova York, onde captou 325 milhões de dólares. A partir de então, houve uma grande mudança no mercado de games.

Os jogadores agora podem fazer o download de títulos diretamente nos consoles ou nas lojas online de jogos para computador, ao invés de dependerem da compra física dos jogos. Entretanto, a varejista tem buscado se adaptar criando produtos online, modelos de fidelidade para clientes, e até mesmo um centro de treinamento para jogadores profissionais de e-sports. Para se ter uma noção da mudança no setor mencionado acima, segundo a consultoria IDC, as vendas de jogos físicos, que representavam 60% do mercado em 2016, caíram para 29% em 2020.

Esse cenário pessimista foi piorado pela pandemia, uma vez que grande parte das lojas da GameStop são localizadas em shoppings centers que foram afetados fortemente pelas medidas de isolamento social para contenção do Coronavírus.

Em setembro de 2020 a companhia divulgou um comunicado informando que fechou 450 lojas globalmente, deixando a porta aberta para mais encerramentos de operações em 2021, a depender do cenário vindouro.

Também como tentativa de recuperação, a rede continua apostando no digital. No segundo trimestre de 2020, tendo como combustível a covid-19, observou um aumento de 800% na sua receita com vendas online, passando a corresponder por 20% do total, aproximadamente.

Já em outubro desse mesmo ano, anunciou uma parceria com a Microsoft com o objetivo de receber uma porcentagem das vendas dos jogos que forem vendidos em vídeo games comprados em suas lojas. Adicionalmente, o lançamento de novos modelos dos consoles PlayStation e Xbox também colaborou no desempenho operacional da empresa no fim do ano.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.