Leilão de ações: O que é e como funciona

Você já ouviu falar no leilão de ações? Sabe como eles funcionam e quando acontecem? Confira tudo sobre os leilões de ações e fique por dentro deste assunto conferindo o conteúdo até o final.

Todos os dias milhares de operações de compra e venda de ações são registradas na bolsa de valores e em meio a esse verdadeiro mar de negociações, algumas ações podem entrar em leilão sem que você nem mesmo perceba.

Ficou curioso? Descubra no próximo tópico o que é um leilão de ações.

O que é o leilão de ações?

Em resumo, podemos dizer que o leilão de ações funciona como uma resposta de proteção da bolsa de valores a momentos de alta volatilidade do mercado.

Quando um leilão ocorre na bolsa, as ações continuam sendo negociadas, mas as transações de compra e venda em si, só são concretizadas quando uma ordem de compra encontra uma ordem de venda nos mesmos valores.

Por padrão esse tipo de evento tem duração de 5 minutos e pode ocorrer por diversas vezes em um mesmo dia. O objetivo do leilão é equilibrar as ofertas de compra e venda, evitando movimentos bruscos (quedas ou altas significativas) na cotação de uma ação em um curto espaço de tempo.

O leilão de ações é um mecanismo automático da bolsa de valores que entra em ação quando critérios específicos são atingidos, são eles:

  • Oscilação entre 10 e 20%, no preço da ação em relação ao último preço antes do leilão;
  • Oscilação de mais de 10% no preço de uma ação, em relação ao valor de fechamento do pregão anterior;
  • Oscilação de mais de 10% no preço de uma ação, em relação ao valor na abertura do pregão.

Observando os seus critérios, podemos dizer que o leilão de ações é um mecanismo estabilizador dos preços dos ativos.

Outros tipos de leilão em ações

Além do leilão de ações que atua como mecanismo estabilizador da Bolsa de Valores, temos outros dois tipos de leilão, o de abertura e o de fechamento, veja como cada um deles funciona:

Leilão de abertura de mercado ou pré-abertura

Diferentemente do leilão citado no tópico anterior, o leilão de abertura não ocorre apenas quando significativas oscilações ocorrem, mas sim diariamente.

Como o próprio nome sugere, um leilão deste tipo, ocorre na abertura dos pregões da bolsa, ou melhor, 15 minutos antes do pregão efetivamente iniciar. Neste período, os investidores podem registrar ações de compra e venda por meio do home broker da sua corretora, no entanto, essas operações serão registradas apenas após efetiva abertura da bolsa e início das negociações do dia.

Vale destacar também, que todas as operações recebidas pelas corretoras fora do horário de operação da bolsa são registradas no leilão de pré-abertura, que por sinal, funciona também como um mecanismo de formação dos preços para o início dos pregões.

Leilão de fechamento de mercado ou pré-fechamento

Por fim, temos o leilão de pré-fechamento, que é aquele que ocorre nos últimos 5 minutos de um pregão na Bolsa de Valores. Neste período, são aceitas operações de compra e venda apenas para ativos que fazem parte do índice Bovespa (IBovespa) ou do índice Brasil 100 (IBrX 100).

Vale destacar, que esse tipo de operação não pode ser cancelada, a não ser que uma oscilação totalmente atípica e fora da normalidade da bolsa ocorra.

Existe diferença entre o leilão de ações e o circuit breaker?

Muitas pessoas consideram que o leilão de ações é um mecanismo muito semelhante ao circuit breaker e, devido a isso, acabam fazendo uma grande confusão entre eles. Sendo assim, é hora de acabar de vez com as dúvidas sobre o assunto.

Apesar de ambos atuarem em momentos de volatilidade, os mecanismos possuem diferenças importantes entre si, confira cada uma delas:

Circuit Breaker

  • Quando ocorre: Quando o Ibovespa enfrenta quedas a partir de 10% em relação ao fechamento do dia anterior;
  • Duração: No mínimo 30 minutos;
  • Dimensões: Afeta e suspende todas as negociações da bolsa de valores, não sendo possível enviar ordens de compra ou venda;
  • Frequência: Ocorre em momentos raros de pânico entre investidores devido a fatos extremamente relevantes.

Leilão de ações

  • Quando ocorre: Quando uma determinada ação sofre forte oscilação;
  • Duração: 5 minutos;
  • Dimensões: Afeta apenas uma ação em específico, que permanecem disponíveis para compra e venda, apesar de, as operações não serem concretizadas até o equilíbrio dos preços de compra e venda;
  • Frequência: Ocorre com grande frequência, não sendo sequer percebido na maioria das vezes.

Caso este artigo tenha sido útil pedimos que compartilhe com seus amigos e que continue acompanhando o Análise de Ações. Em caso de dúvidas, basta deixar nos comentários.

Comentários

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.