Ações M. Dias Branco MDIA3

M. Dias Branco SA

A M. Dias Branco (ações MDIA3) é uma empresa de alimentos que fabrica, comercializa e distribui biscoitos, massas, bolos, lanches, farinha de trigo, margarinas e gorduras vegetais em todo o Brasil, com sede na cidade de Eusébio, Ceará. Ver mais

Conheça M. Dias Branco ações MDIA3

A M. Dias Branco é uma empresa de capital aberto que negocia suas ações na bolsa de valores brasileira, elas são negociadas sob o código MDIA3 na B3.

Indicadores MDIA3

  • P/L16,85

  • LPA1,56

  • P/VPA1,41

  • VPA18,62

  • DY7,42%

A M. Dias Branco é uma empresa do ramo alimentício que produz, comercializa e distribui biscoitos, massas, bolos, lanches, farinha de trigo, margarinas e gorduras vegetais em todo o país.

A Adria é uma das marcas mais populares do catálogo da M. Dias, especialmente no Sudeste do país, atuante no ramo de massas, biscoitos e torradas, a Adria comercializa produtos da linha Grano Duro, Tortinhas, Plugados e Adria Plus Life. As massas da marca Basilar também são famosas, na linha Sêmola e Comum.

A marca Delicitos, de snacks de trigo, popular no Ceará, Piauí e Maranhão, também é um dos grandes destaques do catálogo. Há também o snack de milho, da marca Salsitos.

Outra gama de produtos é encontrada no catálogo Estrela, muito forte no Nordeste e abrange massas e biscoitos sortidos e salgados, a exemplo do Cream Cracker. Nessa região, as margarinas Amorela, Puro Sabor e Adorita são muito reconhecidas.

Já quem mora no Sul, com certeza, conhece a marca Isabela, famosa pelos wafers, biscoitos, massas e torradas.

A M. Dias Branco ainda possui as marcas Vittarela, Zabet, Bonsabor, Pelaggio, Pilar, Piraquê, Richester e Fortaleza (massas, bolos e biscoitos) e Finna e Medalha de Ouro (farinhas e margarinas).

Líder de mercado e sempre em expansão, a M. Dias Branco chama a atenção de consumidores e investidores nacionais e internacionais. Fãs de biscoitos recheados, crackers, wafers, bolacha maria, biscoitos amanteigados e rosquinhas, sem sombras de dúvidas, consomem os produtos da empresa, a qual já mostrou ser perene e altamente capaz de produzir lucros. É uma verdadeira gigante nacional.

História da M. Dias Branco

A M. Dias Branco foi criada no Ceará, em 1936. O idealizador foi Manoel Dias Branco, nome que batiza a empresa, que, ao empossar uma padaria, chamada Imperial, começou a produzir biscoitos, macarrão e pães.

Com o passar do tempo, o negócio foi se escalando e Manoel Dias fez investimentos em maquinário para potencializar a produção da sua padaria. Em uma sociedade com os irmãos, o empreendedor decide modernizar a empresa.

Em 1954, ocorre o lançamento da bolacha Pepita, o primeiro grande êxito da marca. Tal sucesso preparou terreno para o crescimento da empresa durante toda a década de 1960. Na época, a companhia era conhecida como Fábrica Fortaleza.

Na década de 1970, em uma ampla expansão nas regiões Norte e Nordeste, a Fábrica Fortaleza ganhou a sua nova sede, em Eusébio, no Ceará, se tornando uma das maiores da América Latina.

Em 1978, com o lançamento da marca Rochester, a empresa se consolidou de vez no mercado devido às vendas bem-sucedidas da empreitada. Em 1985, com a criação do Centro de Pesquisas e Análises, a empresa investiu em pesquisa e inovação para testar a qualidade dos produtos existentes e criar novos, sendo uma das pioneiras nesse critério. Em 1991, em mais um avanço tecnológico, o sistema de embalagem dos produtos é robotizado.

Em 1992, a M. Dias Branco inaugurou o maior moinho para moagem de trigo e produção de farinha e farelo de trigo do Brasil. Esse movimento representou um grande passo para a empresa potencializar exponencialmente a produção de biscoitos e massas no futuro.

Em 2003, ocorreu uma das mais importantes aquisições pela M. Dias Branco, a empresa Adria Alimentos do Brasil Ltda, localizada em São Caetano do Sul, em São Paulo. Agora, a M. Dias contava com mais quatro polos industriais pertencentes à Adria e adicionava ao seu portfólio marcas como Adria, Zabet, Isabela e Basilar. A M. Dias, nesse ponto, se tornava líder de mercado de biscoitos e massas no Brasil.

Em 2006, a M. Dias Branco passa a ter suas ações negociadas na Bolsa de Valores brasileira, com ticker de ação MDIA3, no segmento Novo Mercado, possuindo altos níveis de governança corporativa, como é exigido pelo mercado de capitais brasileiro. Em 2008, mais uma aquisição é feita: a empresa pernambucana Bom Gosto, conhecida pela marca Vitarella, ampliando a sua vantagem dentro do mercado nacional.

Em 2018, a M. Dias Branco compra a Piraquê, com sede no Rio de Janeiro, na maior e mais cara operação do setor de biscoitos: aproximadamente 1,5 bilhão de reais. Com essa aquisição, a empresa chega às regiões Sul e Sudeste e refinou sua marca, pois os produtos Piraquê são os mais custosos do catálogo da M. Dias Branco.

De lá para cá, a M. Dias Branco nunca parou de fazer aquisições e expandir a sua produção. A empresa, que outrora começava no Norte e Nordeste do país, expandiu-se até chegar em todas as regiões nacionais, configurando-se como uma das maiores e bem-sucedidas empresas do país.

M. Dias Branco na Bolsa de Valores

A Oferta Pública Inicial (IPO) das ações da M. Dias Branco ocorreu em 2006 e suas ações podem ser negociadas através das ações MDIA3, que são suas ações ordinárias.

Pontos importantes a serem analisados para as ações da M. Dias Branco é o free float e o tag along.

O free float é o percentual de ações da M. Dias Branco que está em livre circulação no mercado. Quanto maior esse número, melhor, por que quanto mais ações disponíveis para negociação, aumenta o interesse de mais investidores, impactando a liquidez da empresa, e atualmente, 24,53% das ações MDIA3 de M. Dias Branco estão em livre circulação no mercado.

Já o tag along significa o direito, em caso de venda das ações do sócio controlador, de vender suas ações junto, podendo receber os mesmos valores que o acionista majoritário em caso de tag along de 100%. No caso de MDIA3, o tag along é de 100%.

No ponto da governança corporativa, as ações MDIA3 estão listadas no segmento Novo Mercado da B3, que representa grau máximo de governança corporativa. Como resultado, M. Dias Branco possui uma série de práticas que devem ser seguidas para aumentar a transparência e consistência das informações e a proteção de seus acionistas, incluindo minoritários, sinalizando assim.

Como declarar ações MDIA3?

Para declarar as suas ações da M. Dias Branco no Imposto de Renda (IRPF), siga os seguintes passos:

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "105 - Brasil";
  • No campo do CNPJ, digite "07.206.816/0001-15";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação e a quantidade de ações, por exemplo "MDIA3 - QUANTIDADE: 1000";
  • No final, coloque o valor total investido no campo "Situação em 31/12".

As ações da M. Dias Branco pagam dividendos?

As ações da M. Dias Branco tem pago dividendos consistentemente todos os anos pelo menos nos últimos 10 anos, tanto em forma de dividendos, isentos de IR, quanto em forma de juros sobre o capital próprio (JSCP), tributados em 15%.

A empresa distribui, com consistência, em torno de 20% de seu lucro líquido ao acionista, em algumas ocasiões pouco mais. Dessa forma, a principal métrica de análise dos dividendos da companhia se trata do payout (porcentagem do lucro distribuída em forma de proventos), que demonstra a consistência da distribuição.

Quando a M. Dias Branco paga dividendos?

Analisando o histórico de pagamento de dividendos, as ações da M. Dias Branco não possui uma periodicidade definida. Em linhas gerais, você pode consultar a agenda dos próximos pagamentos de dividendos e o histórico de dividendos do Bradesco na aba "dividendos" aqui na página da empresa.