Boa parte dos americanos possui dinheiro investido na bolsa de valores, mas os economistas não conseguem chegar a um consenso se os investidores e os mercados são racionais e eficientes, como a teoria financeira moderna assume, ou irracionais e ineficazes, como acreditam os economistas comportamentais ― como as bolhas financeiras, crashes e crises sugerem.

Este é um dos maiores debates em economia e também o valor da gestão de investimentos e da regulamentação financeira sobre os resultados.

Neste livro, o economista Andrew W. Lo atravessa o debate com uma nova estrutura, a Hipótese dos Mercados Adaptáveis, na qual a racionalidade e a irracionalidade coexistem. Com base na psicologia, biologia evolutiva, neurociência, inteligência artificial e em outros campos, Mercados Adaptáveis mostra que a teoria da eficiência dos mercados não é errada, mas meramente incompleta.

Quando os mercados são instáveis, os investidores reagem instintivamente, criando ineficiências para os outros explorarem. O novo paradigma de Andrew W. Lo explica como a evolução molda o comportamento e os mercados de acordo com a velocidade do pensamento – um fato revelado por oscilações entre estabilidade e crise, lucro e perda, inovação e regulação.

Uma jornada intelectual fascinante e cheia de histórias convincentes, Mercados Adaptáveis começa com as origens da eficiência dos mercados e suas falhas, volta-se para as bases do comportamento dos investidores e é concluído com implicações práticas ― inclusive como os fundos de hedge se tornaram as Ilhas Galápagos das finanças, o que realmente aconteceu no colapso de 2008 e como podemos evitar crises no futuro.

Este livro é uma resposta ambiciosa para questões fundamentais da economia e leitura essencial para quem deseja realmente saber como os mercados funcionam.

Ver livro na Amazon