Ações CPFL Energia CPFE3

CPFL Energia SA

A CPFL (ações CPFE3) é uma empresa que atua no segmento de energia elétrica e desempenha as funções comuns desse setor, como geração, distribuição e comercialização de eletricidade. Estima-se que a companhia fornece serviços para 9,9 milhões de clientes, atendendo 696 municípios e com atuação em quatro estados nacionais (São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais). Ver mais

Conheça CPFL Energia ações CPFE3

CPFL Energia é uma companhia de capital aberto com ações listadas na bolsa de valores brasileira, elas são negociadas através do código CPFE3 na B3.

CNPJ

PÁGINA NA B3Ver site ⇨

FUNDADO

IPO

VALOR MERCADO

PÁGINA DE RIVer site ⇨

SITE OFICIALVer site ⇨

A CPFL - Companhia Paulista de Força e Luz (ações CPFE3) é uma empresa que atua no segmento de energia elétrica e desempenha as funções comuns desse setor, como geração, distribuição e comercialização de eletricidade. Estima-se que a companhia fornece serviços para 9,9 milhões de clientes, atendendo 696 municípios e com atuação em quatro estados nacionais (São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais).

Em adição, a CPFL Energias (ações CPFE3) possui 14% de marketplace no Brasil, a segunda maior porcentagem do país e é o terceiro maior gerador de energia privada e líder em geração de energia sustentável.

Na geração de energia, a CPFL conta com a Usina de Monjolinho, uma das mais importantes hidrelétricas em território nacional, localizada no município de São Carlos, em São Paulo. Porém, essa não é a única hidrelétrica da empresa. Somam-se oito no total, como a Usina Hidrelétrica de Capão Preto, de Santana e a de Chibarro.

Além disso, desde a década de 1980, a empresa consegue prestar serviços elétricos através da compra de energia proveniente da queima do bagaço da cana-de-açúcar, do uso de biomassa e por meio da potencialização de suas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH).

Vale ressaltar que a preocupação com a sustentabilidade é um dos pilares da companhia, como comprovado com a inauguração da CPFL Renováveis, segmento da empresa que conta com investimentos nas formas alternativas para a geração de energia, como a biomassa, eólica e PCHs. Ainda nesse viés, em 2012, é inaugurada a primeira usina solar do estado de São Paulo.

A CPFL (ações CPFE3) procura fornecer energia sustentável, acessível e confiável nas regiões que atua, de modo a tornar a vida das pessoas mais segura, saudável e próspera, bem como o objetivo de contribuir com o desenvolvimento dos estados onde está presente.

História da CPFL Energias

A fundação da CPFL Energias (ações CPFE3) acontece em 16 de novembro de 1912, através de uma fusão entre quatro companhias do interior paulista, sendo elas:

  • Empresa Força e Luz de Botucatu;
  • Empresa Força e Luz de São Manoel;
  • Empresa Força e Luz de Agudos-Pederneiras;
  • Companhia Elétrica do Oeste de São Paulo.

Os responsáveis por tal união chamavam-se José Balbino de Siqueira e Manfredo Antônio da Costa, engenheiros da USP que acreditavam no potencial do Brasil, um país que começava a se industrializar.

Em 1927, a administração da empresa é vendida para uma companhia internacional chamada American & Foreign Power. A CPFL ficou sob controle estrangeiro até 1964, quando foi estatizada e passou a ser controlada pela Eletrobrás.

No ano de 1973, a CPFL realiza uma importante aquisição, a CPE (Companhia Paulista de Eletricidade), uma das empresas privadas mais antigas do Brasil, fundada em 1890 e responsável por inaugurar a primeira hidrelétrica de São Paulo, a Usina de Monjolinho, e a segunda do país.

Em 1975, o controle acionário da CPFL foi transferido à CESP (Companhia Energética de São Paulo), ações CESP3, CESP5 e CESP6, empresa que ficou com tal controle até 1997, ano no qual a empresa foi privatizada e repassada aos seus antigos controladores, o então conhecido Grupo VBC (Grupo Votorantim, Bradesco e Camargo Corrêa). A partir dessa privatização, a CPFL foi segmentada em diversos setores e filiais regionais, para um melhor controle de seus serviços e atendimento à população.

A empresa inicia o novo milênio com um projeto de reestruturação. Com o objetivo de alcançar uma gestão mais eficiente entre todas as empresas do Grupo CPFL, é decidido constituir um holding responsável por isso em 2002, a qual receberia o nome que conhecemos na atualidade, a CPFL Energia (ações CPFE3). Em 2004, a empresa abre o seu capital na Bolsa de Valores brasileira (na época Bovespa, atualmente a B3) e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Em 2016, o Grupo CPFL incorpora a RGE Sul e passa a atuar no estado do Rio Grande do Sul por meio de duas distribuidoras. Sendo assim, o grupo tornou-se responsável pelo fornecimento de 65% de toda a energia distribuída no estado.

No ano seguinte, em 2017, a considerada como maior empresa do setor elétrico do mundo, a State Grid, fez a aquisição de 54,64% da participação acionária da CPFL Energia. Mais tarde, ainda em 2017, a State Grid, por meio de uma Oferta Pública de Aquisição, aumentaria a sua participação em 94,75% do capital social da holding.

CPFE3 na Bolsa de Valores

A Oferta Pública Inicial (IPO) das ações de CPFL Energia ocorreu em 2000 e suas ações podem ser negociadas através das ações CPFE3, que são ações ordinárias.

Itens importantes de analisar para as ações de CPFL Energia é o free float e o tag along.

O free float é a quantidade de ações da empresa que está em livre circulação no mercado, então quanto maior esse número for, melhor, já que com mais ações disponíveis para negociação, aumenta o interesse de mais investidores, impactando a liquidez da empresa, e atualmente, 16.29% das ações CPFE3 de CPFL Energia estão em livre circulação no mercado.

Já o tag along significa o direito, em caso de venda das ações do sócio controlador, de vender suas ações junto; no caso de tag along de 100%, podem ser recebidos os mesmos valores do acionista majoritário. No caso de CPFE3, o tag along é de 100%.

Em termos de governança corporativa, as ações CPFE3 estão listadas no segmento Novo Mercado da B3, que representa grau máximo de governança corporativa. Por isso, CPFL Energia possui uma série de práticas que devem ser seguidas para aumentar a transparência e consistência das informações e a proteção de seus acionistas, incluindo minoritários, sinalizando assim.

Dividendos CPFE3

Você pode consultar a agenda dos próximos pagamentos de dividendos e o histórico de dividendos de CPFL Energia na aba "dividendos" aqui da página da empresa.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.