Ações Xerox XRX

A Xerox Corporation (ações XRX) é uma empresa americana sediada em Stamford, Connecticut, nos Estados Unidos. Suas operações podem ser encontradas em, aproximadamente, 180 países. A companhia é líder global no segmento de gerenciamento de documentos e processos, e é conhecida pelos seus fotocopiadores, impressoras e scanners. Nos dias de hoje, a empresa também desenvolve sistemas para computadores relacionados com fotocópias de documentos e arquivos. Ver mais

Conheça Xerox ações XRX

Xerox é uma empresa de capital aberto negociada na bolsa de valores americana, suas ações são negociadas através do ticker XRX.

IRS

PÁGINA NA NASDAQVer site ⇨

FUNDADO

IPO

PÁGINA DE RIVer site ⇨

SITE OFICIALVer site ⇨

A Xerox Corporation (ações XRX) é uma empresa americana sediada em Stamford, Connecticut, nos Estados Unidos. Suas operações podem ser encontradas em, aproximadamente, 180 países. A companhia é líder global no segmento de gerenciamento de documentos e processos, e é conhecida pelos seus fotocopiadores, impressoras e scanners. Nos dias de hoje, a empresa também desenvolve sistemas para computadores relacionados com fotocópias de documentos e arquivos.

Um importante segmento da empresa era a PARC (Palo Alto Research Center), um local para desenvolvimento e pesquisa de produtos inovadores e tecnológicos, em funcionamento desde 1970. Foi nesse laboratório que o mouse foi criado e a interface gráfica para computadores pessoais foi desenhada.

Steve Jobs, em uma visita ao laboratório, teria “adaptado” algumas ideias que encontrou ali e aplicado na sua empresa Apple. A Xerox nunca se pronunciou pelo acontecimento e muitos cientistas, em tom crítico, julgam que a Xerox nunca tenha reconhecido muitos dos produtos desenvolvidos ali. Em 2002, a PARC se tornou autônoma.

A Xerox (ações XRX) é uma empresa que já contribuiu muito para a sociedade e otimizou muitos processos corporativos por meio de suas impressoras, scanners, fotocopiadoras e equipamentos, não se restringindo somente a isso, pois facilitou muitas atividades do dia a dia e do ambiente educacional, pois a ferramenta foi amplamente usada em escolas e universidades.

Atualmente, a empresa está em busca de continuar relevante, pois seu modelo de negócio está sendo visto como ultrapassado. Com certeza, a Xerox já estuda possibilidades de desenvolvimento de novos produtos para que continue a ser uma companhia lucrativa.

História da Xerox

A expressão “tirar um xerox” faz parte da cultura popular. Apesar da empresa Xerox não gostar nada dela, por fazer com que a marca se torne genérica, de acordo com os controladores, é impossível destruir a ideia de que “xerox” não se refere à cópia e sim à marca.

Xerox (ações XRX) é a empresa que tornou a fotocópia possível. Seu fundador, o homem que patenteou a ideia de duplicar documentos e arquivos nasceu em 08 de fevereiro de 1906. Graduado em Química e Física, Chester Carlson teve uma origem humilde. Ele trabalhou na empresa P.R. Mallory and Company em Nova York, onde começou o processo de invenção da tecnologia Xerox.

Em seu departamento na companhia, registro de patentes, nunca havia cópias o suficiente dos materiais e documentos necessários. Não existia ainda no mercado uma máquina ou tecnologia capaz de fazer cópias rapidamente.

Então, Carlson passou muito tempo estudando na Biblioteca Pública sobre técnicas de reprodução de imagem. Em 22 de outubro de 1938, ele e seu assistente alemão, Otto Kornei, começaram os primeiros testes da nova tecnologia em um laboratório improvisado.

O primeiro experimento foi com uma placa de zinco e uma fina camada de enxofre. Os inventores escreveram, usando tinta comum, sobre uma lâmina de vidro, os caracteres “10-22-38 ASTORIA”.

A placa metálica foi esfregada com um lenço de algodão, ficando eletricamente estática. Depois desse procedimento, a lâmina de vidro foi colocada em cima da placa metálica, sendo exposta à luz de um refletor. Depois de removida a lâmina de vidro, Carlson pulverizou a placa de zinco com um pó (licopódio).

Para a sua surpresa, os dizeres “10-22-38 ASTORIA” se fizeram visíveis. Quando uma folha de papel foi pressionada contra a superfície onde estava a inscrição, a mesma foi transferida para a folha. Surgia assim, o xerox.

Em 06 de outubro de 1942, Carlson registrou a patente da sua criação. Com dificuldades, o inventor buscava arrecadar recursos para alavancar o seu negócio e foi através de uma organização de pesquisa sem fins lucrativos, Batelle Memorial Institute, que Carlson arrecadou US $15 mil para começar.

Em 1947, essa organização, com a qual Carlson estabeleceu uma parceria, firmou um acordo com uma empresa denominada Haloid, que existia desde 1906, em Nova York. A Haloid fabricava papel fotográfico e equipamentos, além de oferecer serviços para a manutenção de algumas câmeras.

Carlson, por meio da empresa Haloid, conquistou o direito e recursos para desenvolver as primeiras máquinas xerográficas e o primeiro passo foi alterar o nome “eletrofotografia” que não soava bem comercialmente. Um professor de línguas clássicas, da Universidade de Ohio, sugeriu a Carlson xerox, do grego “seco” e grafia “escrita”. Assim, em 1948, a máquina xerox era registrada.

As primeiras copiadoras que chegaram ao mercado eram pouco atrativas, lentas e complexas, sem nenhum apelo comercial. Em 1958, a empresa passa a se chamar Haloid Xerox Inc. Nessa época, a Xerox 914 (para referenciar o tamanho padrão do papel ofício 9x14) chega ao mercado e, dessa vez, com sucesso.

Em 1961, a empresa torna-se Xerox Corporation, devido ao sucesso do produto Xerox 914. Depois disso, a companhia focou em desenvolver máquinas cada vez mais simples, menores e mais rápidas, como foi o caso da Xerox 2400, referenciando o número de cópias que a máquina fazia a cada hora. Em 1977, ocorre o lançamento da máquina Xerox 9700, primeira copiadora a laser. Em 1980, a Xerox abre sua primeira loja nos Estados Unidos.

Uma ideia que parecia simples e despretensiosa fez de Chester Carlson um homem milionário. Ele mudou a vida das pessoas ao oferecer uma solução que deixa a vida e o trabalho das pessoas mais fácil. Sua marca revolucionou o mundo todo e está presente em escritórios e casas de milhões de pessoas. Chester Carlson faleceu no dia 19 de setembro de 1968, em Nova York, por conta de um mal-estar súbito enquanto caminhava.

O novo milênio trouxe anos de crise para a companhia. Somado à queda em sua receita, devido às vendas cada vez menores, a empresa teve que pagar uma multa de US $10 milhões ao governo dos Estados Unidos por erros contábeis em seus informes financeiros, a maior da história por esse tipo de violação.

Tal acontecido, e depois de casas de investimento recomendarem venda às ações da Xerox, a empresa experienciou uma queda brusca e acentuada em seu valor patrimonial e suas ações nunca mais atingiram o seu valor de pico.

Inevitavelmente, a empresa teve que se reestruturar e se dedicou exclusivamente à venda de equipamentos de grande porte. Em 2009, a Xerox incorporou a Affiliated Computer Services (ACS) em uma operação que colocou a empresa, novamente, como referência no mundo corporativo.

Em 2016, a empresa separou-se em duas entidades independentes de capital aberto. Um segmento atuaria no setor de hardware e o outro atuaria na execução de prestação de serviços.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.