Indicadores da MELI

Confira os fundamentos das ações MELI

Indicadores de valuation

  • DY0%

  • P/L160,38

  • P/VP26,64

  • LPA5,39

  • VPA32,43

  • PSR4,49

  • P/EBIT60,96

  • EV/Ebit61,85

  • EV/Ebitda41,55

Indicadores de rentabilidade

  • C. RECEITA 5A52,96%

  • C. LUCRO 5A-9,39%

  • ROE11%

  • ROIC8,23%

  • Giro ativos0,81

  • Margem bruta47,16%

  • Margem ebit7,37%

  • Margem líq.2%

Indicadores de endividamento

  • Liq. corrente1,34

  • Dívida liq / pl0,39

  • Dív. liq / ebitda0,6

  • Pl / ativos0,14

Dividendos da MELI

Confira a agenda e histórico de dividendos das ações MELI

MELI - Ação

Confira os detalhes das ações MELI

MERCADO LIVRE (MELI) FAZ

O Mercado Livre é uma empresa de tecnologia que visa facilitar o comércio eletrônico, ao permitir que pessoas e empresas possam comprar, vender, anunciar, pagar e enviar produtos pela internet.

A companhia atua em 18 países e é a maior empresa de e-commerce da América Latina em número de visitas ao site. O Mercado Livre está presente na Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Chile, Equador, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Venezuela, Honduras, Guatemala, Nicarágua, Panamá, México e República Dominicana.

A proposta da empresa é facilitar a compra e venda de objetos, de itens usados até artigos luxuosos, e oferecer uma plataforma de e-commerce prática e fácil de usar. Entre os artigos que é possível encontrar no Mercado Livre estão: livros usados, eletrônicos, canetas, figurinhas, artigos para coleção, imóveis, carros e, até mesmo, barco e aviões. É uma variedade de itens sem precedentes.

Ao acessar o site do Mercado Livre, o usuário encontra as seguintes opções para a compra de itens: Carros e Motos; Acessórios para Veículos; Beleza e Cuidado Pessoal; Brinquedos e Hobbies; Calçados, Roupas e Bolsas; Casa, Móveis e Decoração; Celulares e Telefones; Eletrodomésticos; Eletrônicos, Áudio e Vídeo; Esporte e Fitness; Ferramentas e Construção; Games; Informática; Imóveis; Alimentos e Bebidas; Câmeras e Acessórios; Indústria e Comércio; Animais; Antiguidades e Coleções; Arte, Papelaria e Armarinho; Bebês; Instrumentos Musicais; Joias e Relógios; Livros, Revistas e Comics; Festas e Lembrancinhas; Música, Filmes e Seriados; Saúde; Serviços; Agro; e Ingressos.

O mais impressionante é que essas são as categorias principais. Há ainda mais categorias que vão desde carteiras para criptomoedas até produtos de Esoterismo e Ocultismo. É um dos portfólios mais vastos e variados do mundo. Isso se deve ao fato de qualquer pessoa poder abrir uma loja no Mercado Livre e vender produtos. Ainda, marcas famosas marcam presença no site, como Dell, Apple, Samsung, Brastemp e Sony Store.

Estima-se que o Mercado Livre gera renda para mais de 150 mil pessoas na América Latina, por conta da abertura de lojas virtuais. Ainda, estima-se que 2,5 mil compras são realizadas por segundo no site e que a página é o décimo site de comércio eletrônico mais acessado do mundo.

Com o advento da tecnologia e e-commerce que atinge o mundo no presente momento, espera-se que o Mercado Livre seja um dos maiores beneficiados de tal momento econômico. A empresa já é uma das maiores do mundo no setor, mas o potencial para ir mais longe existe.

BREVE HISTÓRIA DO MERCADO LIVRE (MELI)

Tudo começou em 1999, quando o atual CEO da empresa, Marcos Galperin, argentino, terminava o seu MBA na Universidade de Stanford e traçava o planejamento de um site voltado ao comércio via internet. O Mercado Livre chegou primeiro na Argentina e foi se expandindo por toda a América Latina entre 1999 e 2006 e chegou a operar em Portugal (brevemente, pois o foco do empreendimento sempre foi na América Latina).

Além do aporte inicial dos fundadores, o Mercado Livre recebeu mais dois aportes de investidores externos. O primeiro veio do banco J.P. Morgan, e outas entidades financeiras, a citar Flatiron Fund Entities e Hicks, Muse, Tate & Furst. Em 2000, o empreendimento recebe a segunda leva de investimentos, vindos de Goldman Sachs, Capital Riesgo Internet SCR S.A. (CRI Banco Santander Central Hispano) e mais depósitos dos primeiros investidores.

Esses investimentos foram essenciais para que a empresa se espalhasse para além das fronteiras argentinas e chegasse em outros territórios.

Em 2001, a empresa faz uma aliança estratégica com o eBay, a maior empresa do setor de e-commerce do mundo, e suas operações na América Latina. A parceria foi bem-sucedida, o que converteu o eBay em mais um dos investidores do Mercado Livre. A parceria estabelecida via contrato tinha validade de 5 anos e foi terminada em 2006.

A estratégia do Mercado Livre, inicialmente, era incorporar empresas do mesmo setor e adicionar os clientes desses sites em seu banco de dados. Foi o que aconteceu em 2002, com a aquisição da plataforma brasileira Lokau.com e o site regional DeRemate.com. Em 2008, aconteceu a incorporação do tucarro.com e tuimueble.com, do grupo CMG, que funcionava como uma plataforma de anúncios e classificados online destinados, principalmente, para a comercialização de carros e imóveis, respectivamente, na América Latina.

Em 2003, a ferramenta Mercado Pago é lançada no site do Mercado Livre. Tal funcionalidade permitia pagamentos online de forma segura e rápida e oferecia a possibilidade de transferência bancária como meio de pagamento. Atualmente, a ferramenta permite pagamento por QR Code, recarga de celular, entre outas opções.

Além do Mercado Pago, há os segmentos de Mercado Envios (que lida com questões de logística e frete); Mercado Livre Publicidade (responsável pelo marketing dos varejistas associados à plataforma); e Mercado Shops (permite a criação de lojas virtuais). Por fim, através do Marcado Solidário, a empresa ajuda ONGs a comercializar produtos sem custos de comissão e cobrança de tarifas. Sendo assim, o Mercado Livre se caracteriza como uma plataforma completa de e-commerce.

Em 2007, as ações do Mercado Livre começam a ser negociadas na Bolsa de Valores Nasdaq, a primeira empresa argentina a ser negociada em um mercado de capitais estrangeiro. O valor da transação do Mercado Livre na Bolsa de Nasdaq era três vezes maior que o volume de todo o índice argentino.

Declarando MELI no imposto de renda

Confira o passo a passo de como declarar as ações MELI no IRPF

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "249 - Estados Unidos";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação, a quantidade de ações e o preço pago em dólar, por exemplo "MELI - QUANTIDADE: 1000 - USD$ 1000";
  • No final, coloque o valor total investido em reais no campo "Situação em 31/12".