Indicadores da DAL

Confira os fundamentos das ações DAL

Indicadores de valuation

  • DY0,63%

  • P/L6,15

  • P/VP2,76

  • LPA7,76

  • VPA17,28

  • PSR0,52

  • P/EBIT4,37

  • EV/Ebit6,48

  • EV/Ebitda6,48

Indicadores de rentabilidade

  • C. RECEITA 5A5,49%

  • C. LUCRO 5A3,21%

  • ROE13%

  • ROIC19,08%

  • Giro ativos0,79

  • Margem bruta58,04%

  • Margem ebit11,94%

  • Margem líq.8%

Indicadores de endividamento

  • Liq. corrente0,41

  • Dívida liq / pl1,34

  • Dív. liq / ebitda2,11

  • Pl / ativos0,15

Dividendos da DAL

Confira a agenda e histórico de dividendos das ações DAL

DAL - Ação

Confira os detalhes das ações DAL

A Delta Airlines (ações DAL) é sediada em Atlanta, Georgia, nos Estados Unidos. É reconhecida como a companhia de aviação comercial que mais oferece rotas aéreas do mundo, com itinerários para mais de 300 destinos em mais de 50 países.

Além disso, a Delta (ações DAL) é líder mundial em rotas entre os Estados Unidos e Europa, com voos para mais de 40 destinos transatlânticos. Para a América Latina e Caribe, a Delta disponibiliza mais de 450 viagens por semana.

A Delta Airlines opera uma frota de 766 aviões próprios, modelos Airbus e Boeing, que voam para mais de 300 cidades diferentes. Em 2016, a Delta transportou mais de 164 milhões de passageiros. A média diária de voos é de 5.400.

Em aeroportos espalhados pelo mundo, a empresa dispõe de aproximadamente 45 Delta Sky Clubs, salas de espera vip que oferecem conforto aos passageiros que irão voar com a Delta. A respeito do tipo de voo que o cliente irá ter, a Delta disponibiliza voos classe econômica e cabines de luxo, de acordo com a escolha e poder aquisitivo de cada passageiro.

Os seus maiores hubs de operação são o Aeroporto Internacional de Atlanta, o Aeroporto Internacional de Salt Lake City, o Aeroporto Internacional de Cincinnati/Northern Kentucky e o Aeroporto Internacional John F. Kennedy.

A Delta (ações DAL) possui parceria com outras companhias áreas para empréstimo de aeronaves e oferecimento de voos de conexão, como Air France, Alitalia, China Airlines e Transavia.

A empresa aérea Delta teve um caso de recuperação muito rápido e potente, entre 2005 e 2010, o que mostra o quanto a empresa é resiliente, perene e importante para os Estados Unidos. Inserida em um setor arriscado, a Delta atrai investidores do mundo todo, dispostos a correr riscos para conseguir resultados acima do esperado.

História da Delta Airlines

Durante os anos 20, o cultivo de algodão e a agricultura no sul dos Estados Unidos estavam ameaçados por uma praga, o que compromete a principal atividade econômica da região. Por causa disso, em 1924, Collett Everman Woolman e seu sócio B.R. Coad criaram uma empresa para pulverizar a ameaça, com o uso de dois aviões.

Um homem, residente em Nova York, viu o trabalho dos aviões e qual era o papel deles e convenceu seus empregadores, a Huff-Daland Airplanes, a implantar a ideia na região. Assim, originava-se a Huff-Dalland Dusters, sediada no estado da Geórgia. Em 1925, Woolman, criador da inovação, fanático por aviação e engenheiro agrônomo, foi trabalhar nesta empresa.

Em 1927, Woolman implementou seus serviços de pulverização em Lima, no Peru, onde morou por um período. Quando voltou aos Estados Unidos, convenceu a comunidade local de investidores a comprar os mais de 20 aviões da Huff-Delland Dusters, para que sua ideia permanecesse no sul do país, fomentando a famosa rivalidade entre as regiões dos Estados Unidos.

Nascia assim, em Monroe, no estado de Louisiana, a empresa Delta Air Service, um nome que representava as suas origens: o delta do Rio Mississipi.

O primeiro serviço regular com passageiros a bordo decolou em 1929, partindo de Dallas rumo ao Texas, com cinco passageiros e um piloto. Na década de 30, a companhia Delta teve dificuldades para crescer em um mercado competitivo e muito regulamentado pelo Estado.

Para ampliar sua atuação no mercado, Woolman focou em uma estratégia em oferecer as melhores aeronaves para os passageiros e estabelecer mais linhas de voos. Era a única forma de se manter ativo na competição com a já relevante American Airlines.

Enquanto a Delta (ações DAL) preocupava-se com a sua expansão, um conflito mundial eclodiu nos anos 40. A companhia aérea prestou auxílios aos Estados Unidos, disponibilizando aeronaves, executando reparos, fornecendo equipamentos (como motores) e prestando treinamentos aos pilotos do exército.

Quando a guerra finalmente acabou, a Delta foi beneficiada pelo governo norte-americano, o que é muito importante dado o ramo de atuação da empresa, e mais linhas de viagens foram incluídas nos seus itinerários. Em 1945, a companhia passa a se chamar Delta Airlines, definitivamente.

Em 1949, a classe econômica é introduzida em voos da Delta, no trajeto entre Chicago e Miami. Em 1953, o órgão regulador do setor de aviação dos Estados Unidos, Civil Aeronautics Board, transferiu as rotas da Chicago & Southern Airlines para a Delta, em uma decisão que iria terminar em uma fusão entre as companhias aéreas, formalizada em 1956.

Lentamente, a Delta se consolidava como uma das maiores empresas do setor nos Estados Unidos. Em 1966, a Delta não mais atuaria em atividades relacionadas com o que a originou, a pulverização de colheitas, focando apenas em voos comerciais.

Na década de 70, a Delta incorporou a Northeast Airlines, empresa endividada, o que ampliou a sua atuação na costa leste e em ligações entre o norte e o sul do país. Assim, a Delta se tornava líder no mercado doméstico. Nesta época, o aeroporto de Atlanta era o terceiro mais movimentado do mundo e praticamente 50% dos passageiros voavam com as aeronaves da Delta.

Em 1977, a Delta (ações DAL) aérea conquistou o direito de executar o trajeto entre Atlanta e Londres, seu primeiro itinerário internacional. O voo inaugural aconteceu no dia 30 de abril de 1978, seguido por voos à Frankfurt, na Alemanha.

Aos poucos, o setor da aviação foi sendo desregulamentado, recebendo menos interferência do governo norte-americano. Algumas oportunidades surgiram para a empresa aérea, como a compra da Southern, sua concorrente doméstica em Atlanta, e a Western Airlines.

Em 1979, a Delta alcançou o grande feito como sendo a primeira companhia aérea, a nível global, a embarcar um milhão de passageiros em uma cidade em um mês (Atlanta, no mês de agosto, em 1979). Em 1988, a companhia começa operações no continente asiático.

Na década de 90, com a evidente falência da PanAm, uma gigante no segmento de aviação, a Delta Airlines acabou assumindo a frota e funcionários da empresa quebrada, além de ganhar várias rotas internacionais.

Sendo assim, a destituição da PanAm beneficiou a Delta de muitas maneiras. Porém, todo o setor estava endividado nesse período e, com o atentado de 11 de setembro de 2001, a situação ficou ainda mais caótica. Em 2005, a Delta declarou concordata, uma espécie mais suave de falência. A empresa voltaria a registrar lucro em 2007, após anos de prejuízos crescentes.

Surpreendentemente, em 2008, a Delta anunciou uma enorme fusão com a Northwest Airlines, criando assim a maior empresa aérea existente. Com a fusão, a empresa assumiu mais de 400 destinos em 105 países e incorporou uma frota de 800 aeronaves. Em 2010, a fusão foi formalmente concluída e todas as aeronaves da Northwest Airlines traziam o logotipo da Delta Airlines.

Declarando DAL no imposto de renda

Confira o passo a passo de como declarar as ações DAL no IRPF

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "249 - Estados Unidos";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação, a quantidade de ações e o preço pago em dólar, por exemplo "DAL - QUANTIDADE: 1000 - USD$ 1000";
  • No final, coloque o valor total investido em reais no campo "Situação em 31/12".