Cotacão BTLG11

Confira o preço do fii BTLG11

  • Preço BTLG11R$ 94,20

  • Valorização (7d)0,1%

  • Valorização (1m)-6,18%

  • Valorização (12m)-10,29%

Indicadores do BTLG11

Confira os indicadores do fii BTLG11

  • DY9,41%

  • VPR$ 98,77

  • P/VP0,95

Não há notícias recentes.

Dividendos do BTLG11

Confira a agenda, histórico e simulador de dividendos do fii BTLG11

Simulador de dividendos do BTLG11

Confira o simulador de dividendos do fii BTLG11

Insira a renda mensal desejada e veja a mágica do nosso simulador acontecer :)

A simulação é feita para o recebimento de dividendo médio mensal, e não mensal, usamos como base o pagamento de dividendos e jcps dos últimos 12 meses e a cotação atual.

Clique aqui para realizar a simulação de outros ativos e realizar comparações.

BTLG11 - FII BTG Pactual Logística

Confira os detalhes do fii BTLG11

  • TipoTijolo

  • SegmentoLogística

  • CNPJ11.839.593/0001-09

  • MandatoRenda

  • GestãoAtiva

  • PúblicoInvestidores em geral

O BTG Pactual Logística - BTLG11, é um fundo imobiliário do tipo tijolo, ou seja, possui imóveis para onde são destinados parte de seus investimentos.

Contextualizando de maneira rápida, fundos desse tipo tem como objetivo comprar imóveis ou terrenos, para gerenciar ou construir novos empreendimentos para que possam gerar renda mensal, como um aluguel.

Desse modo, o BTLG11 busca conseguir essa renda a partir de galpões logísticos e industriais, como será mostrado mais a frente.

O FII BTLG11 é um fundo do tipo renda e com gestão ativa, do segmento de logística. Está constituído sob a forma de condomínio fechado, isto é, não está aberto para captação há qualquer momento.

Falando um pouco sobre a história do FII, o Fundo Imobiliário BTG Pactual Logística foi criado no ano de 2010, e desde então tem como principal atividade adquirir imóveis comerciais, construídos e destinados às operações logísticas e de armazenamento.

Seu objetivo é alocar os espaços para armazéns logísticos, redes de varejo e plantas industriais.

Os inquilinos que desejam alugar os espaços passam por uma “seleção”, onde é necessário a aprovação em uma avaliação de risco de crédito junto às autoridades competentes, e os contratos que são oficializados, normalmente, possuem longos prazos de duração.

A maioria dos contratos realizados nos imóveis do fundo são chamados contratos atípicos, que justamente contam com datas mais longas, de 5, 10 ou até 20 anos, e outras diferenças quando em relação ao contrato típico nos FIIs.

Com isso, é passada maior segurança aos investidores que estudam o fundo pensando em uma renda constante e perene no longo prazo.

Como em qualquer contrato, o mesmo pode ser rescindido, mas contando com cláusulas que protegem tanto o proprietário dos imóveis, como o inquilino, trazendo certa tranquilidade ao investidor.

Vale destacar que os imóveis do BTLG11 possuem uma localização tida como boa, devido estarem posicionadas próximas aos grandes centros e pólos industriais e de logística, além de estar perto das vias de escoamento.

Devido a isso, os imóveis tendem a ter uma valorização em seus valores com o passar do tempo.

Observando do ponto de vista do inquilino, os galpões logísticos do BTLG11 podem ser muito atraentes, se observado as vantagens que são concedidas ao alugar um desses espaços, como, por exemplo:

  • Acessibilidade – Próximos dos grandes centros e das vias de escoamento;
  • Economia – Redução de gastos com armazenamento próprio e logística;
  • Capacidade de armazenamento – Além da economia já citada, como os galpões contam com um amplo espaço, é possível armazenar uma quantidade maior de produtos, por exemplo.

Além do investimento que é realizado nos imóveis existentes e na aquisição de novos, o fundo também pode manter parte investida em LFT (Letras Financeiras do Tesouro) e em cotas de fundos de Investimento das classes DI e renda fixa.

O Fundo de Investimento é do tipo de renda, isso significa que um dos objetivos do mesmo é obter a renda proveniente dos aluguéis recebidos dos seus imóveis e repassar uma parte para os cotistas, que recebem de acordo com o número de cotas adquiridas

Os recursos obtidos são aplicados a partir das decisões tomadas pelos gestores, nesse caso, o BTG Pactual Serviços Financeiros.

Segundo a política de investimentos do fundo, é buscado proporcionar aos cotistas um constante fornecimento de rendimentos a longo prazo para seus investimentos realizados.

Os rendimentos do fundo vêm sendo distribuídos mensalmente desde 2016.

O BTLG11 possui 12 ativos, presentes em 4 Estados no Brasil, sendo eles, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Ceará.

Grande parte dos imóveis encontra-se no Estado de São Paulo, com isso, cerca de 75% dos ativos estão presentes no grande centro financeiro do país, contando com inquilinos reconhecidos e em sua maioria com contratos atípicos de longo prazo de duração.

A quantidade (e a qualidade) dos imóveis é muito importante para um fundo do tipo tijolo, já que indica que os gestores e administradores se preocupam com a diversificação e a pulverização dos riscos de se ter algum ativo com vacância ou falta de pagamentos dos aluguéis.

Administrador do BTLG11

Confira o administrador do fii BTLG11

Declarando BTLG11 no imposto de renda

Confira o passo a passo de como declarar o fundo BTLG11 no IRPF

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "07 - Fundos";
  • Depois, selecione o código "03 - Fundos de Investimento Imobiliário (FII)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "105 - Brasil";
  • No campo do CNPJ, digite "11.839.593/0001-09";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da fundo e a quantidade de cotas, por exemplo "BTLG11 - QUANTIDADE: 1000";
  • No final, coloque o valor total investido no campo "Situação em 31/12".