Corretora Banco do Brasil É boa para investir?

O Banco do Brasil disponibiliza uma plataforma de investimentos para os correntistas da instituição bancária. Sendo assim, o investidor pode enviar ordens para a bolsa de valores brasileira com o respaldo do maior banco público do país.

Conheça Banco do Brasil avaliação dos usuários

No geral, Banco do Brasil possui uma nota de 0 de 5, cada item da avaliação está descrita abaixo em detalhes.

Facilidade de abertura de conta

(0 de 5)

Facilidade de usar a plataforma

(0 de 5)

Estabilidade da plataforma

(0 de 5)

Qualidade do atendimento em geral

(0 de 5)

Custos e taxas

(0 de 5)

Atende as necessidades

(0 de 5)

Recomendaria Banco do Brasil a um amigo

(0 de 5)

O Banco do Brasil disponibiliza uma plataforma de investimentos para os correntistas da instituição bancária. Sendo assim, o investidor pode enviar ordens para a bolsa de valores brasileira com o respaldo do maior banco público do país.

Em 2018, para democratizar investimentos entre os clientes do banco, o BB anunciou que adotaria taxa zero de corretagem para investimentos em renda fixa, Tesouro Direto e investimentos, além de zerar as taxas de custódia em renda variável para clientes com até R$ 20.000 investidos na corretora do banco.

Vantagens da corretora do Banco do Brasil

Depois de entender como o universo dos investimentos funciona e ter algumas noções sobre economia, chegou o momento de começar a operar na bolsa. Se o investidor tiver uma conta em algum banco no Brasil, ele pode operar diretamente pelo sistema dessa instituição.

É o caso do Banco do Brasil que disponibiliza uma plataforma para seus clientes fazerem operações de investimento. Pelo home broker do BB Investimentos, é possível pesquisar ações pelo seu ticker (código), verificar a cotação dos ativos em tempo real, enviar ordens de compra e venda, consultar a carteira de ativos e conferir o saldo e extratos de entradas e saídas (aportes, ordens de compra e venda e dividendos) da conta do investidor.

Os investimentos podem ser feitos pela página do Banco do Brasil na internet. Basta o correntista fazer o seu login no portal virtual com seus dados pessoais. Ainda, por meio do aplicativo para dispositivos móveis, a instituição financeira consegue democratizar ainda mais o mundo dos investimentos ao permitir que o cliente efetue ordens diretamente pelo celular.

Em questões de segurança, o investidor que usa a corretora do Banco do Brasil está bem protegido pelo Banco do Brasil e pelo Banco Central. Ainda, o BB Investimentos traz o certificado da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), conferindo-lhe ainda mais segurança.

Os investimentos em renda fixa são protegidos através do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o que garante, em casos de impossibilidade de pagamento da corretora ao investidor, a devolução do montante investido, com acréscimo de juros referente aos rendimentos, sendo o limite do ressarcimento no valor de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ.

Um grande diferencial da plataforma de investimentos do Banco do Brasil são as carteiras recomendadas e relatórios de recomendação que ficam disponíveis para o investidor tomar decisões com mais probabilidade de acerto e, consequentemente, ter mais retorno.

Desvantagens da corretora do Banco do Brasil

As principais ressalvas feitas pelos usuários da plataforma é a limitação dos produtos de investimentos, os quais ficam restritos ao Banco do Brasil. Além disso, as taxas cobradas pelas operações estão acima da média do mercado e a situação fica ainda menos favorável pelo fato de muitas corretoras já terem zerado tais custos ao investidor.

Outro ponto bastante comentado são as falhas na infraestrutura tecnológica do banco, tanto na versão desktop quanto na versão mobile (essa, por sua vez, apresenta ainda mais instabilidade).

Opções de investimentos na corretora do Banco do Brasil

A corretora do Banco do Brasil possui um portfólio vasto e é capaz de oferecer desde os produtos de investimentos mais simples aos mais complexos, tanto em renda fixa quanto em renda variável:

  • Renda Variável: Ações, Fundos de Investimento Imobiliário, Fundos de Investimento, Ofertas Públicas, BDR e Previdência Privada.
  • Renda Fixa: Tesouro Direto (Selic, Prefixado e IPCA+), CDB (Certificado de Depósito Bancário), CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio), CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários), Debêntures, LCA (Letra de Crédito do Agronegócio), LCI (Letra de Crédito Imobiliário), Letras de Crédito (LC).

Taxas da corretora do Banco do Brasil

Taxas de custódia não são cobradas pela BB Investimentos. Contudo, a taxa de corretagem corresponde a R$ 4,90 + 0,02% sobre o valor da ordem enviada em operações digitais de compra e venda de ações, ETFs, BDRs e FII.

Já no Tesouro Direto, a taxa de custódia da B3 é cobrada pela corretora do Banco do Brasil e consiste em 0,25% ao ano, cobrado semestralmente (em janeiro e julho) ou em caso de venda antecipada.

A corretora do Banco do Brasil é boa pra você?

Se você já é correntista do Banco do Brasil, o serviço de investimentos do banco pode ser uma opção prática, uma vez que tudo o que você irá precisar em termos de documentação e transferência de dinheiro estará organizado em apenas um lugar.

Mas, se você não tem conta no banco, é possível encontrar opções mais interessantes no mercado, tanto em termos de taxas reduzidas quanto na variedade de produtos oferecidos.

Mural de discussão

Se a sua dúvida é sobre algum ativo, pesquise-o na caixa de busca e verifique se a sua dúvida já foi respondida por algum membro da comunidade.