Ações MILS3

Mills

Mills Estruturas Servicos SA

A Mills atua no ramo de construção, é líder no mercado de locação de equipamentos para execução de trabalhos em altura. Ver mais

Conheça a Mills ações MILS3

A Mills é uma companhia de capital aberto negociada na bolsa de valores brasileira, suas ações são negociadas através do ticker MILS3 na B3.

Indicadores MILS3

  • CotaçãoR$ 10,89

  • P/L14,97

  • LPA0,73

  • P/VPA2,34

  • VPA4,66

  • DY2,58%

Escrito por:

Marcilio Lima

A Mills é uma empresa brasileira de capital aberto do ramo de construção fundada no ano de 1952 e que tem sua sede na cidade de São Paulo.

Desde a sua criação até hoje, além de pioneira, Mills vem atuando como líder no mercado de locação de equipamentos para execução de trabalhos em altura.

Vale destacar que a companhia possui a maior frota de PEMT da América Latina, além de ter uma equipe com mais de 1500 profissionais e estar presente em 1200 cidades do Brasil.

Vale ressaltar que a Mills é considerada a melhor prestadora de serviços de locação e venda de plataformas elevatórias e equipamentos especializados.

As atividades da companhia, por sua vez, podem ser divididas em 3 segmentos:

  • Soluções em Altura: Locação e comercialização de plataformas pantográficas, tesouras, lanças telescópicas e lanças articuladas;
  • Construções e Obras: Comercialização de fôrmas, escoramentos, acessos e outros sistemas especiais;
  • Venda de Peças e Equipamentos: A Mills comercializa diferentes tipos de geradores de energia e compressores de ar.

De forma geral, esses equipamentos podem ser usados para Instalação e Manutenção Industrial, Construção e Edificação, Limpeza em Altura, Pintura em Altura e outros.

História da Mills

A história da Mills foi iniciada no ano de 1952 com a família Nacht, inicialmente como uma empresa de andaimes e escoramento que prestava serviços à construção civil.

Durante as décadas de 70 e 80 a empresa observou um crescimento vertiginoso por conta da expansão dos setores de construção civil e industrial no país.

Os principais projetos realizados nessa época foram:

  • Construção da Ponte-Niterói em 1971;
  • Construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu em 1979;
  • A primeira plataforma brasileira de exploração de petróleo.

Ao longo da década de 80 e 90 a trajetória da companhia foi marcada por parcerias com outras empresas, em especial, empresas internacionais.

Alguns exemplos foram A GKN plc que foi acionista da empresa e a ajudou com práticas de governança, e a Aluma Systems, para começar a confeccionar fôrmas de alumínio.

Outra grande parceria internacional se deu com a alemã NOE, o que permitiu à companhia produzir fôrmas compostas de painéis modulares de aço e alumínio.

No ano de 1997 foi feita parceria com a americana JLG Industries. Inc., com o objetivo de passar a oferecer o serviço de locação de equipamentos industriais no Brasil.

No começo do novo milênio, a parceria com a JLG seria substituída pela empresa argentina Sullair Argentina S.A, que eventualmente adquiriu participação na sociedade da Mills. 

Em 2007 os fundos de investimento Península FIP e a Natipriv Global LLC adquiriram 10% de participação na Mills. Esse investimento permitiu a compra de novos equipamentos.

O ano de 2008 foi marcado pelo retorno da companhia às suas atividades no segmento de locação de equipamentos e também pela aquisição da Jahu Indústria e Comércio Ltda.

Com a abertura do capital da companhia em 2010, os anos seguintes foram marcados por reformulações nas atividades da companhia, parcerias e mudanças societárias.

Outras informações da Mills

Andres Cristian Nacht, membro da família que fundou a companhia, fez parte da equipe de administração de 1969 a 1998. A partir deste ano virou presidente do conselho de administração até meados de 2018.

Mills na Bolsa de Valores

A Oferta Pública Inicial (IPO) das ações da Mills ocorreu em 2010 e suas ações podem ser negociadas por meio das ações MILS3, que são ações ordinárias.

Itens importantes a serem analisados para as ações da Mills é o free float e o tag along.

O free float é o percentual de ações da Mills que está em livre circulação, então quanto maior esse número for, melhor, por que quanto mais ações disponíveis para negociação, aumenta o interesse de mais investidores, impactando a liquidez da companhia, e atualmente, 45,19% das ações MILS3 de Mills estão em livre circulação no mercado.

Já o tag along significa o direito, em caso de venda das ações do sócio controlador, de vender suas ações em conjunto; no caso de tag along de 100%, podem ser recebidos os mesmos valores do acionista majoritário. No caso de MILS3, o tag along é de 100%.

No ponto da governança corporativa, as ações MILS3 estão listadas no segmento Novo Mercado da B3, que representa o mais alto nível de governança corporativa. Como resultado, Mills possui uma série de práticas que devem ser seguidas para aumentar a transparência e consistência das informações e a proteção de seus acionistas, incluindo minoritários, sinalizando assim.

Como declarar ações MILS3?

Para declarar as suas ações da Mills no Imposto de Renda (IRPF), siga os seguintes passos:

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "105 - Brasil";
  • No campo do CNPJ, digite "27.093.558/0001-15";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação e a quantidade de ações, por exemplo "MILS3 - QUANTIDADE: 1000";
  • No final, coloque o valor total investido no campo "Situação em 31/12".

As ações da Mills pagam dividendos?

Você pode consultar a agenda dos próximos pagamentos de dividendos e o histórico de dividendos da Mills na aba "dividendos" aqui na página da empresa.