Eletrobras (ELET3) e Suzano (SUZB3) firmam acordo para desenvolver hidrogênio renovável e e-metanol

Escrito por:

Beatriz Stanis

A Eletrobras (ELET3) e a Suzano (SUZB3) firmaram um acordo para desenvolver soluções sustentáveis, incluindo hidrogênio renovável e e-metanol.

As empresas informaram à Reuters nesta quinta-feira (27) que irão realizar pesquisas para avaliar a viabilidade de construir uma unidade de produção de combustíveis sintéticos.

O acordo, discutido desde o ano passado, prevê a produção de combustíveis "verdes" a partir do CO2 biogênico gerado no processo de produção de celulose da Suzano.

Esse CO2, derivado da queima de biomassa e licor negro, pode ser capturado e combinado com hidrogênio renovável produzido via eletrólise da água para criar combustíveis sintéticos.

Uma das principais soluções é o e-metanol, considerado uma alternativa promissora para descarbonizar o setor de transportes e logística.

Paulo Squariz, diretor de Energia da Suzano, destacou que a produção de e-metanol pode substituir combustíveis fósseis na indústria marítima, contribuindo significativamente para a transição energética e a descarbonização global.

Ítalo Freitas, vice-presidente de Comercialização e Soluções em Energia da Eletrobras, afirmou que o acordo estabelece uma cooperação estratégica focada na produção de combustíveis sustentáveis, visando atender à crescente demanda por hidrogênio de baixo carbono no mercado nacional e internacional.

A Eletrobras, a maior companhia de energia da América Latina, está investindo em novas soluções "verdes", aproveitando seu vasto parque gerador hidrelétrico para fornecer energia renovável e competitiva para futuros projetos de hidrogênio verde e outros.

Mais lidas da semana