Escrito por:

Marcilio Lima

A carteira de crédito agro do Banco do Brasil (BBAS3) superou R$ 254,6 bilhões.

No segmento pessoa física, o destaque ficou com a ampliação da participação no mercado de crédito consignado, que foi a 21,0% do sistema financeiro. Isso representou um crescimento de 12,1% sobre o mesmo período de 2021, com recorde de saldo: R$ 108,2 bilhões.

A margem financeira, que mede o resultado com operações que rendem juros, atingiu R$ 15,3 bilhões no período, alta de 3,6% frente ao 4T21 e 5,6% comparando o ano.

O ROE, retorno sobre o patrimônio líquido ajustado, no trimestre foi de 17,3%, subindo 3,1 pontos percentuais.

No 1T22, o BB (BBAS3) atingiu lucro líquido de R$ 6,7 bilhões. O resultado foi influenciado pelo crescimento da carteira de crédito, com a inadimplência sob controle, que houve alta em relação a 4T21 e queda quando comparada ao 1T21.

No final do 1T22, foi atingida a marca histórica de mais de R$ 2 trilhões em ativos, crescimento de 5,4% no trimestre e 11,4% no ano.


Clique aqui para entrar no nosso canal do Telegram e ter acesso aos nossos conteúdos em primeira mão.