Escrito por:

Marcilio Lima

A AES Brasil (AESB3), divulgou os resultados referentes a suas operações dos três primeiros meses de 2022. Em relação ao lucro líquido, ela apresentou uma alta de 2,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, chegando a R$ 70,9 milhões.

Há mais de 2 décadas no mercado, a AES Brasil é uma companhia de geração de energia elétrica com papel importante no desenvolvimento sustentável. Assim, através da diversificação das suas fontes de energia, ela tem capacidade para gerir fontes hídrica, eólica e solar.

Em termos de receita líquida, a AES Brasil chegou a R$ 676,8 milhões no 1T22, o que é referente a uma alta de 21,6% comparado a 1T21. Por outro lado, o lucro bruto bateu R$ 227,1 milhões no 1T22, e teve uma baixa de 20,5% no espaço de 1 ano.

O ebitda da companhia trouxe uma retração de -13,9% na comparação com o 1T21, em números reais, ela atingiu R$ 300,6 milhões no 1T22. Enquanto isso, a margem ebitda totalizou 46,3% no 1T22, apresentando retração de -9 pontos percentuais na comparação com os três primeiros meses de 2021.

Assim, o resultado financeiro da AES Brasil totalizou um prejuízo de R$ 95,0 milhões no 1T22, isso representa uma queda de 8,6% comparado ao 1T21. Já o custo de produção e operação de energia chegou a R$ 449,7 milhões no 1T22, isso equivale a uma alta de 65,9% frente a 1T21.

Nos três primeiros meses de 2022, as despesas gerais e administrativas cresceram 7,1% em relação ao 1T21. Por fim, o lucro líquido da AES Brasil chegou a R$ 70,9 milhões no 1T22, contra prejuízo de R$ 34,8 milhões comparado a 4T21.


Clique aqui para entrar no nosso canal do Telegram e ter acesso aos nossos conteúdos em primeira mão.