Ações CLSA3

Clear Sale

Clear Sale SA

Conheça a Clear Sale ações CLSA3

A Clear Sale é uma companhia de capital aberto que negocia suas ações na bolsa de valores brasileira, elas são negociadas através do código CLSA3 na B3.

Indicadores CLSA3

  • CotaçãoR$ 5,46

  • P/L-7,64

  • LPA-0,71

  • P/VPA1,4

  • VPA3,91

  • DY0%

A ClearSale é uma empresa em soluções destinadas à prevenção de diversos tipos de fraude, majoritariamente no universo de interações de vendas e interações financeiras no espaço digital. Assim sendo, os principais serviços e frentes de serviços nas quais a ClearSale atua com o oferecimento de suas soluções são as seguintes:

  • Soluções antifraude para o e-commerce (comércio eletrônico);
  • Soluções antifraude em pagamentos, tanto com cartões quanto com o Pix;
  • Soluções para a interação entre empresas;
  • Soluções para a interação entre empresas e seus clientes, pela prevenção de fraudes em pagamentos e autenticação de identidade principalmente;

Em linhas gerais, a ClearSale (B3: CLSA3) realiza tal ampla atuação por meio da análise de dados coletados tanto de seus clientes como de consumidores no mercado.

Adicionalmente a isso, é interessante destacar a importância da atuação da companhia em prevenir futuras fraudes ao coletar dados e, portanto, entender tentativas de fraude em diversas situações e, como consequência, se tornar capaz de previni-las.

A trajetória da ClearSale

A fundação da empresa ocorreu durante o ano 2000. Nesse primeiro momento, logo no ato de sua fundação, a ClearSale vendeu o primeiro software (programa de computador) dedicado à atuação antifraude no e-commerce brasileiro, apesar de este não ser um universo tão evoluído, até então, como nos dias atuais. A venda do software em questão ocorreu para a varejista B2W, também listada na bolsa de valores brasileira.

Determinada em uma trajetória de crescimento, a companhia seguiu em expansão por meio de soluções voltadas ao ambiente de e-commerce no território brasileiro. A partir disso, no decorrer do ano de 2004, a ClearSale iniciou a implementação de ferramentas de Inteligência Artificial (IA) e, nesse instante, o foco da atuação com inteligência artificial recaia sobre a separação de produtos.

Logo em sequência, no decorrer do ano de 2005, a companhia adentrou no mercado de Software as a Service (SaaS – software como um serviço). Nesse modelo de atuação, tem-se uma condução similar a um aluguel, ou seja, o cliente não compra o programa de computador em si, apenas “o aluga”. Por meio da atuação no segmento de SaaS, a ClearSale (ações CLSA3 na B3) atuou com o lançamento de uma plataforma destinada à gestão de risco fundamentada em bases de dados sobre o mercado.

Em seguida, a partir do ano de 2008, a ClearSale iniciou o oferecimento, aos seus clientes, do serviço de aprovação ou rejeição de pedidos feitos digitalmente, com o objetivo principal de prevenir fraudes, em linha com sua atuação prévia. A partir disso, a ClearSale se tornaria completamente responsável por aceitar ou recusar pedidos feitos aos clientes das companhias às quais atende. No momento atual, é interessante destacar que essa é uma linha de negócios relevante para a empresa, em conjunto com outras atuações protagonizadas por ela.

A partir do ano de 2013, entretanto, a ClearSale iniciou um novo ciclo de expansão dos seus negócios que, nesse momento, excederam as fronteiras do comércio digital, tornando a empresa presente em outros diversos setores com seus serviços de prevenção à fraude.

Com base nisso, a ClearSale passou a atuar em conjunto ao setor de telecomunicações, ao setor de seguros, ao mercado financeiro, às companhias aéreas e com a metrificação de Score de Crédito. Em linhas gerais, mesmo com a ampla expansão, o foco da ClearSale seguiu como a atuação em prevenir fraudes nos diversos mercados em que passou a atuar com seus serviços e plataformas.

Em complemento, no decorrer do ano de 2015, a ClearSale (CLSA3) novamente protagoniza um movimento ousado e inicia sua atuação no exterior. Nesse momento, a atuação internacional se iniciou pelos Estados Unidos, na cidade de Miami (FL – Florida), a partir da consolidação de um escritório no país.

Os anos que se seguiram na trajetória da ClearSale foram marcados pela expansão por meio do lançamento de novos softwares e plataformas antifraude. Inicialmente, no ano de 2019, a empresa lançou a plataforma Data Trust, com foco em viabilizar o onboarding (entrada) de clientes em plataformas específicas. De modo geral, a plataforma Data Trust foi desenvolvida para verificar a identidade de clientes e destinada a bancos, imobiliárias, fintechs, vendas diretas, entre outros demais setores.

Em sequência, o ano de 2020 foi, igualmente, marcado pelo lançamento de duas plataformas: a SecHub e a ThreatX. A plataforma SecHub foi desenvolvida com o objetivo de prevenir fraudes, exclusivamente, no ambiente de transações do Pix, implementado em 2020. Ao passo em que a plataforma ThreatX teve seu desenvolvimento com o objetivo de proteção cibernética em prol de evitar ataques fraudulentos às marcas e seus clientes, protegidos pelos serviços da ClearSale.&

Adicionalmente, a ClearSale estreitou sua relação com o mercado de capitais brasileiro no ano de 2021, por meio da oferta pública (IPO) de suas ações no ambiente da bolsa de valores brasileira, a B3. A partir do IPO, a companhia tornou-se listada na B3 por meio do código CLSA3.

No mérito do IPO da companhia, é interessante destacar que os R$1,3 bilhão capitados foram distribuídos, em prol do crescimento da empresa, da seguinte forma:

  • 50% > crescimento orgânico;
  • 30% > M&A (fusões e aquisições);
  • 20% inovações;

A ClearSale atualmente

No atual momento, como anteriormente abordado, a ClearSale é uma empresa que atua com soluções antifraude, destinadas para diversos setores. Em linhas gerais, as soluções são oferecidas por meio do intermédio de diversas plataformas e softwares, com foco em diferentes frentes de atuação.

Adicionalmente, a empresa atua com soluções referentes à atribuição de um score de risco de crédito. Tal metrificação do Score ocorre com base no comportamento digitais de clientes aos quais a ClearSale (código de negociação CLSA3) possui acesso aos dados.

Tamanha amplitude de atuação é fundamentada na armazenagem de dados nos servidores da companhia e, em seguida, na análise de tais dados por meio de modelos estatísticos ou por meio de inteligência artificial. Vale destacar que a tecnologia empregada na análise de tais dados é proprietária da ClearSale, ou seja, utiliza ferramentas de uso exclusivo da empresa.

Além disso, a ClearSale possui um papel crucial na prevenção de fraudes com base em dados colhidos em tentativas prévias de ataques fraudulentos. Logo, caso uma empresa sofra tentativa de fraude, a ClearSale é capaz tanto de prevenir a fraude inicial quanto de colher as informações de tal tentativa e prevenir sua repetição em demais empresas, futuramente.

Dessa forma, a ampla atuação descrita se divide em três principais frentes de negócios da ClearSale, conforme segue:

  • Autenticação em cartão de crédito não presente (CNP): foco em soluções para compras no e-commerce, nas quais a senha do cartão não é solicitada;
  • Autenticação de identidade: também chamada de onboarding digital, essa frente atua em verificar a identidade de usuários que se cadastram em determinadas plataformas, conforme os exemplos mencionados na sessão trajetória da ClearSale.
  • Avaliação de crédito: com base no comportamento digital do cliente, a empresa avalia sua capacidade de pagamento de crédito junto às instituições financeiras;

;Em complemento, é interessante também destacar a atuação da empresa em torno da sustentabilidade de seus negócios. Resumidamente, ela adota medidas como as seguintes:

  • Eficiência no escritório;
  • Incentivo ao uso de transporte público;
  • Home office de 99% da equipe para reduzir emissões de carbono;
  • Incentivos ao projeto de Aprendizes Digitais;

Clear Sale na Bolsa de Valores

A Oferta Pública Inicial (IPO) das ações da Clear Sale ocorreu em 2021 e suas ações podem ser negociadas através das ações CLSA3, que são ações ordinárias.

Itens importantes de analisar para as ações da Clear Sale é o free float e o tag along.

O free float é a quantidade de ações da Clear Sale que está em livre circulação na bolsa de valores. Quanto maior esse número, melhor, pois quanto mais ações disponíveis para negociação, aumenta o interesse de mais investidores, impactando a liquidez da empresa, e atualmente, 28,81% das ações CLSA3 de Clear Sale estão em livre circulação no mercado.

Já o tag along representa o direito, em caso de venda das ações do sócio controlador, de vender suas ações junto; no caso de tag along de 100%, podem ser recebidos os mesmos valores do acionista majoritário. No caso de CLSA3, o tag along é de 100%.

Em termos de governança corporativa, as ações CLSA3 estão listadas no segmento Novo Mercado da B3, que representa grau máximo de governança corporativa. Como resultado, Clear Sale possui uma série de práticas que devem ser seguidas para aumentar a transparência e consistência das informações e a proteção de seus acionistas, incluindo minoritários, assim caracterizando.

Como declarar ações CLSA3?

Para declarar as ações da Clear Sale no Imposto de Renda (IRPF), siga os seguintes passos:

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "105 - Brasil";
  • No campo do CNPJ, digite "03.802.115/0001-98";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação e a quantidade de ações, por exemplo "CLSA3 - QUANTIDADE: 1000";
  • No final, coloque o valor total investido no campo "Situação em 31/12".

As ações da Clear Sale pagam dividendos?

Você pode consultar a agenda dos próximos pagamentos de dividendos e o histórico de dividendos da Clear Sale na aba "dividendos" aqui na página da empresa.