Ações BRBI11, BRBI4, BRBI3

BR Partners

BR Advisory Partners Participacoes SA

BR Partners é uma empresa brasileiro com mais de 10 anos de atuação em assessoria financeira para operações de fusões e aquisições ("M&A"), gestão de recursos, entre outros serviços relacionados ao mercado financeiro. Ver mais

Conheça o BR Partners ações BRBI11, BRBI4, BRBI3

O BR Partners é uma empresa de capital aberto que negocia suas ações na bolsa de valores brasileira, elas são negociadas através do ticker BRBI11, BRBI4, BRBI3 na B3.

Indicadores BRBI3

  • CotaçãoR$ 0,00

  • P/L0

  • LPA0,47

  • P/VPA0

  • VPA2,41

  • DY0%

Indicadores BRBI4

  • CotaçãoR$ 0,00

  • P/L0

  • LPA0,47

  • P/VPA0

  • VPA2,41

  • DY0%

Indicadores BRBI11

  • CotaçãoR$ 14,56

  • P/L10,35

  • LPA1,41

  • P/VPA2,02

  • VPA7,23

  • DY8,24%

O BR Partners se trata, em linhas gerais, de um banco de investimentos independente. O fator com relação à independência da instituição é, firmemente, ressaltado no portal de Relações com Investidores (conhecido como RI) do BR Partners.

De maneira resumida, o banco reitera a ausência de conflito de interesses em suas operações, ou seja, expõe que a prioridade da instituição é o interesse dos clientes.

A partir disso, o BR Partners atua em diversas linhas de negócio no mercado financeiro. Por essa razão, é importante destacar que o foco da atuação do banco é dirigido aos clientes e às movimentações de maior parte.

Assim sendo, o BR Partners é atuante em operações financeiras mais complexas e possui como clientes diversas companhias, de variados setores da economia brasileira.

Em complemento, vale destacar que, conforme mencionado do RI do banco, o mesmo atua sobre um modelo de partnership. Como consequência, entende-se que determinados colaboradores, mediante aos critérios determinados pelo banco, obtém uma participação societária no capital da companhia, ou seja, tornam-se sócios e, com isso, passam a ter um maior alinhamento de interesses ao crescimento da companhia como um todo.

A trajetória do BR Partners (BRBI)

Fundado durante o ano de 2009, o BR Partners iniciou sua trajetória possuindo como sócios indivíduos engajados no setor financeiro, em bancos globais reconhecidos por sua elevada qualidade. A partir disso, o período compreendido entre os anos de 2009 e de 2012 se trata de um momento de fundação e do andamento dos primeiros passos da trajetória do banco, conforme seu portal de relações com investidores (RI).

Nesse momento inicial, entre 2009 e 2012, o banco desenvolveu uma assessoria financeira independente, realçando a ausência de conflitos de interesse. Em prol do desenvolvimento da companhia, a gestão do banco empenhou-se no crescimento de seu modelo de assessoria, assim como na atração de novos investidores. Em complemento, ainda no período em questão foi consolidado o modelo de partnership, ou seja, de sociedade na estrutura do banco.

Em seguida, no decorrer do período entre os anos de 2013 e 2018, o BR Partners (B3: BRBI3, BRBI4 e BRBI11) se empenhou na consolidação da companhia no mercado financeiro nacional. A partir disso, o banco iniciou sua atuação em novas linhas de negócio como, por exemplo, as seguintes:

  • Mercado de capitais;
  • Sales; Trading (Vendas e trading);
  • Investimentos;
  • Sofisticação do internet banking;
  • M&A (Mergers & Acquisitions - Fusões e Aquisições);
  • Entre outras áreas de atuação;

Dessa forma, com base na expansão e sofisticação de suas atividades, o BR Partners verificou maior fidelização de clientes e, como consequência, maior recorrência dos mesmos ao banco para exercer movimentações de elevado nível no mercado financeiro.

Como destaque no período entre 2013 e 2018, o portal RI do BR Partners destaca os mais de R$80 bilhões em valor movimentado nas operações de Fusões e Aquisições (A) intermediadas pelo banco.

A partir do ano de 2019, em sequência na história do BR Partners, o banco destaca o início de um novo ciclo de crescimento em suas atuações no mercado financeiro. Nesse momento, o destaque recai sobre a liderança do banco de investimentos sobre as atividades de Investment Banking e de Capital Markets (mercado de capitais).

Como destaque específico, é pontuada a atuação em emissão de CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários – títulos de renda fixa lastreados no mercado imobiliário) que será abordada mais adiante.

A listagem das ações do banco de investimentos na bolsa brasileira, a B3, ocorreu apenas no ano de 2021. No ano em questão, ocorreu a Oferta Pública (IPO) do BR Partners, a partir disso o banco passou a ter seu capital aberto ao investidor de bolsa de valores.

O BR Partners (BRBI) atualmente

Como abordado anteriormente, o BR Partners se trata de um banco de investimentos independente, em linhas gerais. Ao passo no qual a própria instituição empenha-se em destacar a ausência de conflito de interesses em suas operações.

Além disso, o banco atua sobre um modelo de partnership, ou seja, de sociedade, o que contribui para o alinhamento de interesses entre os membros e colaboradores da empresa.

Em termos de sua atuação, o BR Partners possui foco em atender seus clientes por meio do fornecimento de serviços financeiros relacionados às movimentações de grande porte. A partir disso, empresas de múltiplos setores da economia nacional recorrem ao BR Partners, em prol de estabelecer diferentes formas de conexão com o mercado financeiro.

Dessa forma, os clientes do banco possuem tanto assessoria financeira em seus investimentos quando em sua capitalização, isso é válido especialmente para companhias de grande porte.

Inicialmente, tem-se a atuação do BR Partners como um banco de investimentos. A partir desse segmento de atuação, o banco fornece, como exemplo, os seguintes serviços:

  • Assessoria em fusões e aquisições (A);
  • Assessoria em privatizações;
  • Reestruturações societárias em geral;
  • Assessoria a Ofertas Públicas (IPOs);
  • Serviços relacionados ao mercado de capitais;
  • Assessoria a acionistas e a conselhos;
  • Entre outros;

Adicionalmente, o BR Partners atua com sua área de Crédito Estruturado e Mercado de Capitais, de forma na qual participa de emissões de produtos tanto de renda fixa quanto de renda variável. Como exemplos, o banco atua da emissão de CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários), Debêntures, FIDCs (Fundos de Investimento em Direitos Creditórios), cotas de fundos imobiliários (FIIs), CRAs Certificados de Recebíveis do Agronegócio), entre outros títulos.

Em complemento, tem-se a área de Sales & Trading, anteriormente mencionada, como uma das principais áreas de atuação do BR Partners. Por meio da área em questão, o banco atua com estruturas financeiras mais complexas como, por exemplo, derivativos, câmbio, derivativos estruturados, fiança bancária, entre outros.

Além disso, tem-se a atuação com investimentos Não Proprietários, ou seja, não estruturados pelo BR Partners.

Como consequência de sua atuação, o BR Partners é líder tanto em emissão de CRIs quanto em operações de Fusões e Aquisições.

Inicialmente, no mercado de CRIs, o banco emitiu títulos para companhias de grande porte, inclusive listadas no ambiente da bolsa de valores brasileira (B3), como por exemplo a Br Foods (BRFS3), a Helbor (HBOR3), entre outras companhias.

Ao passo em que, no mercado de Fusões e Aquisições, o BR Partners foi igualmente responsável por intermediar transações entre companhias de grande porte. Como exemplos apenas do ano de 2021, temos as seguintes operações:

  • A entre a Hering e o grupo Soma;
  • A entre a Biosev e a Raízen;
  • A entre a TPC e a JSL;
  • Entre outras atuações.

BR Partners na Bolsa de Valores

O IPO das ações do BR Partners foi realizado em 2021 e suas ações podem ser negociadas através das ações BRBI3, que são suas ações ordinárias, ações BRBI4, que são suas ações preferenciais, e ações BRBI11, que são as suas ações units.

Itens importantes a serem analisados para as ações do BR Partners é o free float e o tag along.

O free float é o percentual de ações do BR Partners que está em livre circulação, então quanto maior esse número for, melhor, pois quanto mais ações disponíveis para negociação, aumenta o interesse de mais investidores, impactando a liquidez da companhia, e atualmente, 28,41% das ações BRBI3 e 100% das ações BRBI4 de BR Partners estão em livre circulação no mercado.

Já o tag along significa o direito, em caso de venda das ações do sócio controlador, de vender suas ações em conjunto; no caso de tag along de 100%, podem ser recebidos os mesmos valores do acionista majoritário. No caso de BRBI3, o tag along é de 100%, e de BRBI4, o tag along é também de 100%.

As ações BRBI11 são units, são compostas por ações BRBI3 e BRBI4.

Diferença entre as ações BRBI11, BRBI4 e BRBI3

A principal diferença entre as ações do BR Partners é que as ações ordinárias (BRBI3) dão direito a voto nas assembleias da empresa e as ações preferenciais (BRBI4) possuem preferência na distribuição dos dividendos, apesar das ações ordinárias também pagarem dividendos. As units (BRBI11) do BR Partners são compostas por 1 ação ON e 2 ações PN.

Criamos um artigo completo que explica em detalhes a diferença entre as acões ON, PN e UNITs, clique aqui para acessar o artigo.

Como declarar ações BRBI11, BRBI4 e BRBI3?

Para declarar as ações do BR Partners no Imposto de Renda (IRPF), siga os seguintes passos:

  • Você deve entrar no item "Bens e Direitos" e selecionar o código "03 - Participações Societárias";
  • Depois, selecione o código "01 - Ações (inclusive as listadas em bolsa)";
  • Depois, em localização, escolha o país do seu investimento, no caso de ações, escolha "105 - Brasil";
  • No campo do CNPJ, digite "10.739.356/0001-03";
  • Depois, em discriminação, coloque o código da ação e a quantidade de ações, por exemplo "BRBI3 - QUANTIDADE: 1000";
  • No final, coloque o valor total investido no campo "Situação em 31/12".

As ações do BR Partners pagam dividendos?

Você pode consultar a agenda dos próximos pagamentos de dividendos e o histórico de dividendos do BR Partners na aba "dividendos" aqui na página da empresa. Você também vai conseguir ver qual das ações BRBI3, BRBI4, BRBI11 paga mais dividendos.